Palácio da Cultura ganhará sala de cinema e Teatro de Bolso será reformado

O prefeito Wladimir Garotinho recebeu, nesta quinta-feira (29), o deputado federal Áureo Ribeiro, em reunião com a participação da presidente da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima, Auxiliadora Freitas, e do secretário de Governo, Juninho Virgílio. Na pauta, a recuperação dos equipamentos culturais de Campos, quase todos encontrados, pela atual gestão, desativados, abandonados e com as estruturas comprometidas.

“A presidente da Fundação Cultural apresentou ao deputado o plano municipal de quatro anos de gestão da cultura em Campos e as parcerias que estão sendo desenvolvidas, como a firmada com a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa para a reforma e reestruturação completa do Teatro de Bolso Procópio Ferreira e a criação de uma sala de cinema no auditório Prata Tavares, do Palácio da Cultura”, adiantou o prefeito.

Auxiliadora explicou que o parlamentar tem uma vertente de trabalho específica para o desenvolvimento da cultura e que ele se comprometeu a obter recursos, por meio de emendas, para a recuperação das Casas de Cultura de Goitacazes e Conselheiro Josino e, também, do Centro de Eventos Populares Osório Peixoto (Cepop).

“Nossos equipamentos ficaram sem manutenção, abandonados, e uma das determinações do prefeito, que faz um governo compromissado com a cultura, foi justamente levantar as condições de todos eles, para buscarmos soluções. Com essa parceria da FCJOL com a Secretaria de Estado de Cultura, vamos executar todas as obras demandadas para o Teatro de Bolso, incluindo toda a parte da caixa cênica, projeção, iluminação e refrigeração. Outra parceria é para recuperação do auditório Prata Tavares, onde será instalada uma sala de cinema, para a reabertura do Palácio da Cultura”, detalhou a presidente.

Descentralização da Cultura – A presidente da FCJOL também explicou ao deputado Áureo Ribeiro que um dos eixos do plano Culture Campos – com Horizonte prevê a descentralização e a interiorização do acesso à cultura.

“Essa descentralização está diretamente vinculada à recuperação de equipamentos em distritos e localidades, como as Casas de Cultura de Goitacazes e Conselheiro Josino, que foram desativadas e estão com a estrutura totalmente comprometida. A Casa de Cultura de Goitacazes está funcionando provisoriamente em uma creche-escola local, mas já temos os serviços levantados na Secretaria de Obras e Infraestrutura e a proposta de obtenção de recursos pelo deputado federal para esses dois equipamentos, que além de garantirem o acesso à cultura no interior, também são espaços de geração de trabalho e renda”, disse Auxiliadora.

O deputado Áureo Ribeiro ainda se comprometeu com a recuperação de toda a rede elétrica e hidráulica do Cepop. “Campos tem fazedores de cultura com muito talento, mas que precisam de apoio para instrumentalizar sua cultura e a Fundação está atuando no sentido de capacitar nossos fazedores de cultura, para poderem participar de editais públicos e obterem recursos e meios de fazerem, de fato, a sua cultura. Temos entidades e agremiações de Campos participando de editais do estado e a grande maioria foi contemplada com recursos e a Fundação Cultural auxilia, conforme previsto no plano Culture Campos, no sentido de capacitar esses fazedores de cultura para que eles possam instrumentalizar os recursos obtidos, concluiu Auxiliadora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *