17/06/2024
Política

Novo Bolsa Família será lançado na quinta-feira, com valor extra para famílias maiores, diz ministro

O novo Bolsa Família será lançado na próxima quinta-feira, dia 2 de março, no Palácio do Planalto, segundo o ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias. O ministro também confirmou o pagamento extra para famílias maiores.

— Na próxima quinta-feira, teremos aqui um momento especial com a apresentação do novo Bolsa Família — afirmou Wellington Dias.

Durante cerimônia que marcou a retomada do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), Lula chegou a falar que o programa sairia do papel nesta quinta-feira, mas trocou as datas em outros momentos falando que seria na “semana que vem”.

Com base no tamanho da família

O ministro Wellington Dias confirmou que o governo dará um valor com base no tamanho das famílias para garantir uma transferência “mais justa”. Haverá, ainda, o retorno das condicionantes e o adicional de R$ 150 por crianças de até seis anos:

— Do programa vão constar o compromisso de R$ 600, o acréscimo de R$ 150 por criança. Terá uma regra que leva em conta per capita (por pessoa) a proporção, o tamanho de cada família para que a gente tenha mais justiça nessa transferência de renda.

Como o EXTRA mostrou, o governo estudava pagar um valor extra para famílias com mais crianças e adolescentes no novo formato do Bolsa Família. Esse valor seria além do adicional de R$ 150 para domicílios com criança até 6 anos de idade.

A intenção é que os valores sejam acrescidos ao mínimo de R$ 600, de maneira que famílias maiores recebam mais recursos.

Em contrapartida, o novo modelo não terá sistema de premiação para famílias com crianças e adolescentes que tiram boa notas e se destacam nos esportes — previsto no Auxílio Brasil criado pelo governo de Jair Bolsonaro.

As famílias beneficiadas voltarão a ter de cumprir contrapartidas relacionadas à saúde, como calendário de vacinação em dia, acompanhamento do peso da criança e frequência escolar com aproveitamento, além da matrícula. O novo Bolsa Família prevê também acompanhamento à gestantes.

Desenrola está pronto

Ainda durante a cerimônia, Lula afirmou que o Desenrola estava “pronto” e que achava que na semana que vem já poderia ser anunciado. O presidente disse ainda que o governo apresentará para o Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março, um projeto de lei de igualdade salarial entre homens e mulheres.

— Vamos apresentar, definitivamente, a tal da lei que vai garantir que a mulher definitivamente receba o salário igual ao homem se ela exercer a mesma função do homem — afirmou o presidente.

O Desenrola, programa de renegociação de dívidas, deve ser focado em pessoas com até dois salários. O modelo prevê financiamento para pagamento de dívidas bancárias e não bancárias com descontos. Pelos números nas mãos do governo hoje, são cerca de 70 milhões de endividados, com dívidas de R$ 300 bilhões. Desse total, dois terços são dívidas não bancárias.

Extra*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *