14/06/2024
Campos

Nova Emergência do HGG com classificação de risco e prioridade de gravidade

Desde que a Nova Emergência do Hospital Geral de Guarus (HGG) iniciou o atendimento à população, às 13h da última quinta-feira (08), a unidade tem recebido diariamente pacientes com as mais variadas necessidades clínicas, alguns com maior gravidade, necessitando de suporte intensivo. Nesses casos, a pessoa tem garantido o atendimento com prioridade zero, sendo imediatamente direcionada para uma sala de estabilização equipada e com equipe treinada para o atendimento. A Nova Emergência foi inaugurada no último dia 6, pela Prefeitura de Campos e pelo Governo do Estado.

Para que o fluxo de atendimento ocorra de maneira organizada e humanizada, o HGG utiliza a classificação de risco de Manchester, que prioriza o atendimento de acordo com a gravidade, uma norma técnica utilizada por Emergências e Hospitais privados e públicos em todo o Brasil e no mundo. Os pacientes são avaliados por um profissional enfermeiro capacitado, para identificar sinais e sintomas que indicam a urgência no atendimento médico. Os casos de emergência vermelha são os que precisam de atendimento imediato; laranja, casos urgentes, mas em que o paciente pode esperar até 10 minutos pelo atendimento; nos casos de emergência amarela, que não caracterizam urgência, o tempo de espera pode ser de até 60 minutos e, nos de emergência verde, 120 minutos.

Após a classificação de risco, o paciente segue para uma sala de espera e de lá para o atendimento médico. Durante a consulta, o profissional pode solicitar exame como apoio ao diagnóstico, medicamentos e definir se o paciente vai precisar ficar em observação no repouso.

O HGG tem a assistência voltada para a emergência clínica, que são as não-traumáticas, como dor torácica, dor abdominal e dor de cabeça intensa, pico hipertensivo e cólica renal, entre outras. A orientação da Secretaria Municipal de Saúde é para que a população, quando a situação não for de gravidade, procure um primeiro atendimento na Unidade Básica de Saúde (UBS) ou Unidade de Pré-Hospitalar (UPH), que funciona 24h. São elas: UPH da Saldanha Marinho, UPH de Travessão, UPH de Santo Eduardo, UPH de Farol de São Tomé e UPH de Ururaí.

Secom*

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *