15/06/2024
Política

Morre no Rio o deputado estadual Otoni de Paula Pai

Morreu na madrugada desta segunda-feira (27), aos 71 anos, o deputado estadual do Rio de Janeiro Otoni Moura de Paulo (MDB), pai do deputado federal Otoni de Paula (MDB-RJ). Ele tinha adotado o nome Otoni de Paula Pai para se diferenciar do filho.

Otoni Pai estava tratando um câncer no fígado, e seu quadro piorou nos últimos dias. Neste fim de semana, precisou ser entubado. Ele estava internado no Ambulatório Américas Medical City, na Barra da Tijuca.

O filho disse que a família pôde se despedir do parlamentar. “Tivemos a chance de abraçá-lo ontem [sábado, 25], trocar algumas palavras e nos despedir. Que o Senhor nos ajude nesse momento difícil. Temos a certeza de que Deus está no controle de todas as coisas. O Deus que está aqui, está lá com o meu pai, minha referência”, disse o deputado federal.

A notícia do câncer de Otoni de Paula Pai só veio à tona há 1 mês, quando o deputado Samuel Malafaia (PL) surpreendeu o plenário da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) ao pedir orações para o colega. Boa parte dos deputados não sabia que Otoni tratava um tumor.

Segundo a família, o velório de Otoni será nesta terça-feira (28), a partir das 10h, no Palácio Tiradentes, onde funcionou a Alerj. O enterro acontecerá as 15h, no Cemitério Jardim da Saudade, em Mesquita, na Baixada Fluminense.

Otoni de Paula Pai era pastor evangélico e começou a carreira política em 1988, quando se elegeu vereador em Nova Iguaçu. Ele estava no 1º mandato na Alerj, com 42 mil votos. Na casa, ele era presidente da Comissão de Defesa Civil.

Repercussão
O Governo do Estado decretou 3 dias de luto pela morte do parlamentar.

Em nota, o governador Claudio Castro (PL) afirmou que “a política fluminense perdeu hoje um político atuante e um homem de Deus”. Segundo Castro, “como pastor e parlamentar, [Otoni] devotou, com amor e integridade, sua vida em favor da comunidade e inspirou muitos com sua fé e bondade, deixando para todos um grande ensinamento sobre o verdadeiro espírito de servir”. Castro destacou que recebeu “com grande tristeza a notícia do seu falecimento” e manifestou solidariedade aos familiares e amigos do deputado estadual.

Fonte: g1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *