Ministério Público acolhe medidas restritivas para combater a Covid-19 em Campos

Diante da recomendação do Ministério Público (MP) de ampliar as medidas restritivas para conter a disseminação do vírus da Covid-19, que se agrava em Campos com elevado número de infectados e aumento de óbitos, o Município acatou a recomendação do órgão levando em conta que os hospitais estão com 100% da ocupação dos leitos de UTI e clínicos, com mais de 40 pessoas na fila de espera para UTI.

Em Nota, o órgão reconhece o direito da livre manifestação pacífica, como conclamado na Constituição Federal. No entanto, neste momento, é necessário priorizar o direito à vida, com atendimento médico digno, que fica comprometido com aglomeração de pessoas, causando o crescimento desenfreado da pandemia. O MP ressalta na Nota assinada em conjunto com o Município que “o Prefeito não tinha outra escolha, senão a ampliação do isolamento social”.

Leia AQUI a íntegra da nota assinada pelas autoridades.

Fonte: Subcom*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *