Igreja é alvo de vandalismo e furto em Campos

A Igreja Matriz de Cristo Ressuscitado e Nossa Senhora da Penha, em Conselheiro Josino, em Campos dos Goytacazes, foi alvo de vandalismo e furto na madrugada desta sexta-feira (19). Outras duas igrejas da região foram furtadas nos últimos dias.

Segundo a Diocese de Campos, os criminosos levaram coroas das imagens religiosas e reviraram armários.

“A situação preocupa os católicos por mais um ato de profanação de mais uma igreja. É urgente a intervenção das autoridades policiais para a investigação e a identificação dos autores desse crime, que aflige a todos católicos. Atitudes que ofendem a liberdade religiosa e ao mesmo tempo nos colocam diante da falta de segurança nas comunidades”, informou a nota da Diocese.

O bispo da Diocese, Dom Roberto Francisco Ferreria Paz, relatou que a frequência de arrombamentos e furtos em igrejas de Campos e Itaperuna merecem uma análise séria e objetiva.

“Pode significar a ação de uma quadrilha que tenha como foco as igrejas ou um ato de sabotagem e fanatismo. De qualquer modo exige a intervenção policial e o esforço de dar segurança as comunidades. Pois, está em risco a liberdade religiosa e o direito constitucional de proteção as liturgias. Manifestamos uma vez mais o nosso repúdio e nossa indignação esperando encaminhamentos em ordem a impedir esses atentados contra as igrejas e templos de qualquer religião”, disse.

O caso foi registrado na 134ª Delegacia de Polícia do Centro, onde é investigado.

Outros casos de furtos em igrejas

A Igreja Matriz São José do Avahy, no Centro de Itaperuna, no Noroeste, foi arrombada e furtada na madrugada de quarta-feira (17). Um dos sistemas de segurança foi destruído, a porta do salão paroquial foi arrombada e um violão foi furtado.

A Igreja Nossa Senhora da Penha foi invadida e furtada na terça-feira (9) no distrito de Tocos, em Campos. De acordo com a Diocese, os criminosos arrombaram as portas, grades e reviraram os armários da igreja.

Ainda de acordo com a Diocese, o dinheiro que estava nos armários foi levado. Alguns objetos litúrgicos, que não pertencem à igreja, foram encontrados espalhados pelo chão.

G1*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: