Hebert Conceição consegue lindo nocaute contra ucraniano e é ouro no boxe

A madrugada está dourada para o Brasil! Horas após a conquista de Isaquias Queiroz na canoagem, o país tem mais um campeão olímpico no boxe. Assim como Robson Conceição fez na Rio-2016, Hebert Conceição levou a medalha de ouro nos Jogos de Tóquio, na madrugada deste sábado, ao vencer com um lindo nocaute o ucraniano Oleksandr Khyzhniak na decisão da categoria peso-médio masculino (até 75kg).

Khyzhniak começou a luta melhor e levou os dois primeiros assaltos por decisão unanime dos juízes. Sem nada a perder, Hebert resolveu arriscar tudo e conseguiu um lindo nocaute, a um minuto e meio do fim.

Hebert é o segundo atleta brasileiro do boxe a subir no pódio nessas Olimpíadas. Antes dele, Abner Teixeira conquistou o bronze na categoria peso-pesado (até 91kg). Ainda há mais uma medalha garantida para o esporte com Bia Ferreira, que disputa o ouro neste domingo, último dia dos Jogos.

A medalha de Hebert ajudou o Brasil a bater o recorde de medalhas em uma mesma edição de Olimpíadas. Até o momento, foram seis medalhas de ouro, quatro de prata e oito de bronze. Ainda há mais três garantidas, no futebol masculino, no boxe, com Bia Ferreira, e no vôlei feminina. Resta apenas definir se elas serão de prata ou de ouro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *