17/06/2024
Política

Governo abre o cofre e libera R$ 712 milhões em emendas em um único dia

Disposto acalmar a base no Congresso, o Palácio do Planalto repassou, na terça-feira (9), 712 milhões de reais em emendas para deputados e senadores.

O valor é o maior distribuído pelo governo de uma só vez desde o início da gestão. Como publicou o Poder 360, de fevereiro a 8 de maio, foram repassados 486 milhões de reais aos parlamentares.

O ministério da Saúde é o que mais empenhou recursos até momento, liberando 696 milhões de reais. Transportes (217 milhões de reais), Desenvolvimento (173 milhões de reais), Defesa (46 milhões de reais) e Integração (43 milhões de reais) completam o ranking das pastas que mais distribuíram verba.

A senadora Mara Gabrilli (PSD-SP) lidera a lista dos maiores beneficiados, com 28,2 milhões de reais, seguida por Daniella Ribeiro (PSD-PB), 23,3 milhões de reais, Jayme Campos (União-MT), 16,8 milhões de reais, Renan Calheiros (MDB-AL), 16,2 milhões de reais, e Jaques Wagner (PT-BA), 15,6 milhões de reais.

Os dados mostram que o PSD foi o partido que mais recebeu recursos, com 143 milhões de reais, seguido por PT, 136 milhões de reais; MDB, 91,3 milhões de reais; e União Brasil, 75 milhões de reais, todos da base aliada.

Após a Câmara ter sustado mudanças feitas por Lula no marco do saneamento, o presidente decidiu entrar pessoalmente na articulação política e ordenou o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, cobrar votos dos partidos aliados.

A expectativa dos parlamentares é que eles recebam mais dinheiro em breve, já que Lula liberou o pagamento de R$ 9 bilhões em emendas do orçamento secreto negociadas pela gestão Jair Bolsonaro (PL).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *