Falso PRF está sendo investigado por prática de golpes que somam cerca de R$ 200 mil em Campos

Um homem com nome de iniciais L.D.G. é acusado de ter praticado vários golpes em Campos dos Goytacazes (RJ), inclusive tentando se passar por agente da Polícia Rodoviária Federal (PRF); nem a namorada e um irmão dele teriam escapado das ações criminosas, que estão sendo investigadas pela Polícia Civil do município.

Por meio de mandados de busca e apreensão, tendo à frente a delegada Pollyana Henriques, em endereços ligados ao denunciado, os policiais conseguiram materiais que reforçam provas dos crimes. “Os golpes consistiam em convencer as vítimas a fazer negócios com ele, oferecendo vantagens, pegando dinheiro, bens e desaparecendo”.

A polícia apurou ainda que o homem se apresentava como agente da PRF para ganhar a confiança das pessoas e facilitar nas aplicações dos golpes; “em um dos argumentos, dizia que era investidor no ramo de apostas esportivas. para criar fidelidade junto às possíveis vítimas”.

A delegada concedeu entrevista na tarde desta quinta-feira (09), na 134ª Delegacia do Centro, para dar mais detalhes sobre o caso; “as investigações continuam, e embora tivesse sido conduzido à delegacia, o denunciado ainda está solto, porque não houve flagrante nem mandado de prisão”.

Segundo Pollyana Henriques, por vezes o investigado se apresentava fardado com a vestimenta da PRF, ostentando inclusive arma de fogo; “as pessoas entregavam dinheiro e bens, o nacional prometia retorno lucrativo, porém posteriormente desaparecia”.

Várias vítimas apresentaram queixas e a delegada apurou que L.D.G. já teria causado prejuízos de cerca de R$ 200 mil, dos quais R# 80 mil à família da namorada; “ele inclusive alugava carros de luxo, para passar a ideia de credibilidade”, acrescenta Pollyana, sugerindo que “vítimas ou quem o golpista tentou enganar devem prestar queixas”.

No cumprimento das ordens judiciais executadas no início da semana, a equipe da Polícia Civil – com apoio de policiais militares e da inteligência da Polícia Rodoviária Federal – encontrou fardamento completo da PRF, um simulacro de pistola de cor preta e um de pistola de cor prata.

“L.D.G., que é da localidade de Ururaí, foi encontrado na casa da namorada, após a prévia comunicação por parte da imprensa local da condução dele para esta delegacia, outras vítimas compareceram, com o intuito de registrarem contra ele, alegando terem sofrido o mesmo golpe”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.