18/07/2024
Destaque

Entrega de diversas obras marcará último ano da gestão Francimara em SFI

Após entrar para história de São Francisco de Itabapoana (SFI), em 2016, ao ser a primeira mulher eleita para assumir o poder Executivo municipal, Francimara Barbosa Lemos repetiu o feito em 2020, e tornou-se também a primeira a ganhar a reeleição. Após quase oito anos, o governo segue acumulando feitos tão históricos quanto suas conquistas eleitorais. Apesar de estar se despedindo do cargo, o último ano de gestão promete ser marcado pela entrega de mais conquistas para o município de cerca de 45 mil habitantes, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

As obras em andamento podem ser vistas em diversas partes do município, desde a chegada da cidade pela RJ 224 (SFI-Campos dos Goytacazes), passando pelo litoral, como as praias de Guaxindiba e Santa Clara, até localidades mais distantes, como Guarixima e Retiro. Os trabalhos envolvem setores diversificados como educação, saúde, agricultura, infraestrutura e lazer.

Por diversas ocasiões, a prefeita Francimara atribuiu o significativo volume de investimentos à responsabilidade e comprometimento com dinheiro público. Ao citar reformas estruturais em equipamentos públicos ou construções de sedes próprias para órgãos, ela abordou reiteradas vezes a preocupação em zelar pela dignidade e conforto tanto de funcionários, quando dos são franciscanos que procuram os espaços em busca de algum tipo de serviço.

Citação constante nos discursos e falas públicas da prefeita, a parceria com a Câmara Municipal, para ela, é crucial para os alcançar os avanços para a cidade, que em janeiro contemplou 29 anos de emancipação político-administrativa. Os governos Estadual e Federal também são citados como importantes parceiros para o município, que prevê receita de R$ 258.971.084,87 para este ano, segundo Lei Orçamentária Anual (LOA) aprovada em dezembro passado.

Na área da educação estão previstas para as próximas semanas a inauguração de duas grandes obras que, juntas, ultrapassam R$ 4.300.000,00 em investimentos. Em Barra do Itabapoana, a prefeitura finaliza a construção da Escola Municipal Décio Machado, que contará com dois pavimentos, elevador e quadra poliesportiva. Já em Imburi, os trabalhos da Escola Municipal Antônio Paes Viana, estão na reta final e incluem 949,08 m2 de área construída, distribuídos em nove salas de aula. Juntas, as duas unidades poderão atender mais de 500 alunos por turno.

A atenção para o setor agrícola também é marcante e não é por acaso, já que, em 2020, a cidade contabilizou mais de R$ 305 milhões de faturamento bruto de produção, conforme dados da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater-Rio).

Além de diversas ações de assistência técnica desenvolvidas pela Secretaria Municipal de Agricultura, como a política de retomada da cultura do maracujá e a criação de espaços para proporcionar atendimento direto ao produtor, a Exposição Agropecuária, realizada sempre em setembro, atingiu novos patamares. A última edição reuniu 38 expositores, inclusive com representação de empresas de alcance nacional, o concurso leiteiro produziu quase seis mil de quilos de leite, além de trair milhares de pessoas para shows, como Pablo e Tierry.

Somente no hospital municipal investimentos ultrapassam R$ 4 milhões

Um dos marcos da atual gestão, as mudanças visíveis na área da Saúde podem ser simbolizadas pelo montante de recursos destinados ao Hospital Municipal Manoel Carola, na localidade de Ponto de Cacimbas. Em diversos pronunciamentos públicos, a prefeita relata ter assumido a gestão com a unidade hospitalar em condições precárias. O acesso para o segundo pavimento, por exemplo, era comprometido devido ao estado crítico de conservação da rampa.

O centro cirúrgico foi reaberto. Atualmente, entre os procedimentos realizados estão as cirurgias de catarata e vasectomia. A recepção foi remodelada e em paralelo, um dos prédios da unidade hospitalar foi demolido para abrigar uma nova construção com ambulatório de especialidades, composto por nove consultórios, setor de internação, com 13 leitos, e Unidade de Terapia Intensiva (UTI), com oito leitos, sendo um destinado ao isolamento.

Em recente visita técnica ao local, a prefeita ressaltou que a obra segue todos os padrões exigidos pelos órgãos técnicos e será mais um marco da Saúde, contando também com energia solar, sistema de incêndio modernizado, elevador panorâmico e reservatório de água.

A atenção básica também é uma preocupação da Secretaria Municipal de Saúde. De acordo com a pasta, 96% da população é coberta por 15 polos do programa Estratégia de Saúde da Família (ESF). São 19 Unidades Básicas de Saúde espalhadas por todas as regiões do município, sendo que 12 já receberam ou recebem atualmente obras de reforma e ampliação. Neste ano, por exemplo, a prefeita inaugurou as intervenções realizadas nas UBSs de Santa Clara e Amontado.

Os investimentos fizeram com que SFI conquistasse a segunda colocação entre os municípios do Norte Fluminense no Programa Previne Brasil (PPB), idealizado pelo Ministério da Saúde (MS). Além disso, a cidade figurou em 12º lugar entre todos os 92 municípios do Estado do Rio de Janeiro neste índice, que avalia a qualidade da atenção básica.

Os dados são referentes ao 3° quadrimestre de 2023 e mostram uma evolução progressiva. No 1º quadrimestre do ano passado, a avaliação são franciscana saltou 79 posições em relação ao resultado alcançado no mesmo período de 2022.

Obras de infraestrutura em diversas regiões do município

Quem chega a SFI através da RJ 224, principal acesso ao município, tem ideia da dimensão de investimentos comandados pelo governo. Espaço do Produtor, para atender os agricultores locais, Praça da Bíblia, para lazer e eventos ecumênicos, monumento à família são franciscana e ao trabalhador do campo e nova rotatória de acesso à Rodoviária Manoel Carlos da Silva, realizada em parceria com o Governo do Estado, estão entre as entregas que mudaram o visual desta região.

Além disso, está em andamento ao lado da 147ª Delegacia de Polícia a construção do Centro de Convivência da Terceira Idade Nágme Jorge Abílio, com 630m2 de área construída. Na atualidade, o órgão atende mais de 600 idosos com as mais variadas atividades. Na mesma região, também está sendo construída a sede própria do Núcleo de Prevenção e Apoio ao Paciente com Câncer e Familiares (Nuprapac), que contará com salas para projeto social, serviço social, oncologia, procedimento, psicologia, ultrassom, urologia, mamografia, enfermagem e ostomia. Somente estas duas obras, chegam a quase R$ 2,5 milhões investidos.

Apesar desse volumoso montante, a destinação de recursos públicos não está centralizada na área central. O projeto “Praça Para Todos” construiu praças públicas com playgrounds em várias localidades afastadas do Centro, como Pingo D’Água, Deserto Feliz, Boa Vista Italiana e Lagoa Feia. Em janeiro e fevereiro deste ano, a prefeita Francimara assinou mais três ordens de serviço dentro desta iniciativa: Gargaú, Guarixima e Retiro.

Também no setor de infraestrutura, a praia de Guaxindiba foi contemplada com a primeira etapa de revitalização da orla, o que também acontece em Santa Clara, por meio de convênio com o Governo do Estado. Com o suporte estadual, o investimento será de cerca de R$ 8,5 milhões. Alguns quiosques foram concluídos, como também as três rampas de acessibilidade para a faixa de areia. O projeto inclui também playground, Concha Acústica para eventos e Academia de Ginástica, quiosque do Projeto Tamar e espaço com informações turísticas, além de locais específicos para salva-vidas, Guarda Civil Municipal (GCM) e Polícia Militar e fraldário.

Quanto a pavimentação de ruas, levantamento da Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento divulgado no endereço eletrônico da prefeitura aponta que em outubro de 2022 cerca de quatro mil metros de vias estavam sendo pavimentadas com intertravados em seis localidades distintas. De lá para cá, o número de locais contemplados foi expandido.

Em Santa Clara, por exemplo, este tipo de obras está em execução em oito ruas que somam mais de 2.500 metros. Na mesma localidade, foram iniciadas, em conjunto com o Governo Claudio Castro, obras de mais de 20 mil metros quadrados de pavimentação, 3.014 m de drenagem e distribuição de 1.417 m de rede de água e 1.417 m de coleta de esgoto. Serão destinados mais de R$ 9 milhões para sanar os problemas ocasionados por enchentes. Conforme dados da prefeitura, desde o segundo semestre de 2023, recebeu Santa Clara  recebeu aproximadamente R$ 22 milhões em investimentos.

Outro setor que recebeu grande atenção foi a iluminação pública. Em maio de 2022, foi iniciada das luminárias convencionais por LED, tido por especialistas como mais eficiente, duradouro e econômico. Até dezembro de 2023, mais de seis mil pontos já foram contemplados.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *