Cláudio Castro ainda não cumpriu com pagamento do auxílio-tecnológico e outras promessas e revolta servidores

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, está ficando queimado com os servidores públicos do estado.

Em outubro, Castro prometeu que iria criar um auxílio-tecnológico no valor de R$ 3 mil e reajuste no auxílio-transporte para os servidores da Secretaria de Educação do Estado (SEEDUC). Porém a promessa ainda não foi cumprida, e nem se define uma data de pagamento.

À época, Cláudio Castro disse “a valorização dos nossos profissionais de Educação é uma das minhas principais preocupações. Por isso, determinei a correção dos valores do auxílio-transportes e a criação do auxílio-tecnológico. Precisamos investir no professor e cada vez mais na modernização do ensino”.

Outra reivindicação dos servidores é o pagamento do programa Nova Escola.

Tribuna NF entrou em contato com a assessoria do governador e a mesma pediu para encaminhar a demanda para a Seeduc, que até o momento ainda não respondeu aos questionamentos.

O espaço segue aberto.

*Após cobrança, Cláudio Castro regulamenta auxílio-tecnológico dos servidores da Educação; falta depositar o dinheiro

Atualização: quinta-feira (25).

*Relembre: Cláudio Castro anuncia auxílio-tecnológico de R$ 3 mil, reajuste no auxílio-transporte e concurso com 300 vagas para rede estadual de ensino

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *