Chequinho: Ministro Nunes Marques retira o voto e julgamento de Thiago Ferrugem volta a ficar empatado

O ministro Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal, retirou o voto que restabelecia a condenação do ex-vereador Thiago Ferrugem na ação penal da Chequinho.

O placar estava 3×2 após o ministro André Mendonça votar nesta sexta-feira (1) contra Ferrugem.

Nunes Marques chegou a acompanhar a divergência do ministro Edson Fachin para restabelecer a condenação. Após o voto de Mendonça, Nunes Marques retirou o voto na tarde desta sexta-feira.

O placar volta a ficar empatado. Agora, o voto decisivo é de Nunes Marques.

O julgamento termina em 5/8, devido ao recesso no STF. O voto pode ser inserido novamente ainda nesta sexta ou após o recesso.

Segundo o regimento interno do tribunal, os votos podem ser alterados até o final do julgamento.

Leia também: 3×2: André Mendonça desempata e Segunda Turma do STF forma maioria para manter condenação de Thiago Ferrugem na Chequinho

 

Comente

%d blogueiros gostam disto: