Edmar Santos diz que objetivo da ORCRIM era arrecadar R$ 400 milhões em propina só com OSs

Na denúncia da Procuradoria-Geral da República contra a ORCRIM supostamente comandada pelo governador Wilson Witzel, o ex-secretário de Saúde Edmar Santos teria dito que o objetivo era arrecadar cerca de R$ 400 milhões em propina só com esquema de Organizações Sociais.

Os procuradores responsáveis pela operação afirmam que Witzel tentou lavar dinheiro em esquema muito simples, muito longe do sofisticado esquema de Sérgio Cabral.

Lembrando que o governo Witzel tem apenas um ano e oito meses.

Comente

%d blogueiros gostam disto: