Bicheiro José Caruzzo Escafura, o Piruinha, é preso em operação

A Polícia Civil do RJ e o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) prenderam nesta terça-feira (24) o contraventor José Caruzzo Escafura, o Piruinha. O bicheiro de 93 anos é investigado por um assassinato, em julho do ano passado, em Vila Valqueire. Outros dois homens foram presos, entre eles um PM.

Segundo as investigações, a mando de Piruinha, o PM executou Natalino José do Nascimento Espíndola, dono de uma loja de carros e neto de Nésio Nascimento, presidente de honra da escola de samba Tradição.

A força-tarefa afirma que Piruinha mandou matar Natalino por uma desavença em um negócio imobiliário.

Quem é Piruinha

Piruinha é um dos contraventores mais antigos do Rio e domina a região da Abolição e de Pilares, na Zona Norte do Rio.

O bicheiro também foi investigado por uma suposta ligação com uma quadrilha de abortos clandestinos.

Em junho de 2017, Haylton Carlos Gomes Escafura, filho de Piruinha, foi encontrado morto em um hotel na Barra da Tijuca, ao lado da mulher, a policial militar Franciene de Souza.

Para a polícia, o motivo da execução foi a disputa pelos pontos de venda de máquinas caça-níqueis.

Haylton chegou a ser condenado a 14 anos por envolvimento com o jogo do bicho.

G1*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.