24/05/2024
Campos

6° Mutirão da Saúde já soma 1.800 pré-agendamentos para cirurgias eletivas

As 1800 vagas liberadas inicialmente pela Secretaria Municipal de Saúde, para o pré-agendamento visando zerar a fila de espera por cirurgias eletivas, por meio do 6° Mutirão da Saúde, já foram preenchidas. Os números são referentes aos dias 18, 19, 20, 21 e 24 de julho.

O 6° Mutirão foi lançado oficialmente pelo prefeito Wladimir Garotinho em 18 de julho. Para o pré-agendamento, a pessoa deve acessar o site oficial da Prefeitura ou se deslocar a uma Unidade Básica de Saúde (UBS) perto de sua residência.

Nesse mutirão, que prosseguirá até dezembro deste ano e tem a parceria do Governo do Estado, serão disponibilizados 4 mil procedimentos para a realização de cirurgias como hérnia, vesícula, ginecológica, urológica, ortopédica, cabeça e pescoço, além de bariátrica e catarata. A ação será desenvolvida pela secretaria de Saúde, por meio da rede contratualizada do município. O total de recursos investidos na ação será de R$ 9.315.503,88, entre verba federal, estadual e aporte municipal.

A diretora de Auditoria, Controle e Avaliação (DACA) da secretaria de Saúde, Bruna Araújo, disse que novas vagas serão disponibilizadas até quarta-feira (26). “A liberação irá acontecer à medida que forem se esgotando”, explicou Bruna.

Ela pede às pessoas que fizeram o pré-agendamento que compareçam ao Núcleo de Controle de Avaliação no dia e horário marcados, portando os documentos pessoais, pedido original do Sistema Único de Saúde (SUS), que é o encaminhamento médico, cartão do SUS e exames já realizados. O Núcleo fica na Rua Voluntários da Pátria, nº 175.

“Quando o paciente chegar ao Núcleo, ele passará por uma triagem para identificarmos o que está faltando para que a cirurgia aconteça. Feito isso, a gente vai agendar os exames pré-operatórios, a consulta cardiológica para o risco cirúrgico e a consulta com o cirurgião que irá realizar a intervenção em um dos hospitais contratualizados do município”, disse ela, ressaltando que o atendimento no Núcleo tem ocorrido de forma rápida e sem fila. A procura maior tem sido pela cirurgia de vesícula.

A dona de casa, Kísssila Rodrigues Lopes Sales Azevedo, 35 anos, conseguiu fazer o pré-agendamento pelo site da Prefeitura. Cardiopata, Kíssila contou que teve indicação médica para fazer cirurgia bariátrica. “Não tive nenhuma dificuldade na hora de fazer o agendamento. Foi bem rápido”, disse ela, que deverá comparecer ao Núcleo no dia 23 de agosto. A dona de casa ficou sabendo do mutirão por meio das redes sociais da Prefeitura.

“A gente espera zerar a fila das cirurgias nos próximos 3 ou 4 meses. Estenderemos até dezembro para que novas demandas sejam atendidas. Vamos trabalhar com a demanda existente diária em um fluxo mais rápido para permitir que o paciente tenha o seu procedimento atendido o quanto antes”, disse Bruna, acrescentando que o paciente sairá da primeira consulta com a data prevista para a cirurgia. A expectativa é a de que, a partir de agosto, sejam realizadas entre 50 e 100 cirurgias por semana.

Secom*

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *