Tabela da Mochila do Bastos: R$ 2,5 mil para curtição e R$ 4 mil para quem produzir conteúdo

Parece brincadeira, mas o ainda secretário de governo de Campos Alexandre Bastos, segundo fontes seguras do jornal online Tribuna NF, vem a alguns meses distribuindo remunerações a inúmeros cidadãos que se humilham para curtir ou produzir notas nas redes sociais.

O pagamento seria todos os meses na sede da própria prefeitura.

Nos últimos dias começaram a surgir desconfianças porque um ficou sabendo que a relação dos mercenários transvestidos de internautas é maior do que a fila que aparece na prefeitura.

Se você elogia Rafael voluntariamente na internet fique de olho e “procure seus direitos”.

Conta-se que o aglutinador da tropa já teve os pés no governo passado e vem revelando certa insatisfação com Bastos.

De sua opinião