Vice-prefeito presente na cerimônia de posse da diretoria da Faculdade de Medicina de Campos - Tribuna NF

Vice-prefeito presente na cerimônia de posse da diretoria da Faculdade de Medicina de Campos

IPTU - Prefeitura de Campos dos Goytacazes

A parceria entre a Prefeitura de Campos, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, e a Faculdade de Medicina de Campos (FMC), mantida pela Fundação Benedito Pereira Nunes (FBPN), em prol da saúde do município, esteve presente no discurso da maioria das autoridades que participou da cerimônia de posse da diretoria-geral da FMC, na noite desta quarta-feira (20). A Fundação é mantenedora também do Hospital Escola Álvaro Alvim (HEAA), uma das unidades contratualizadas da cidade, e do Centro de Saúde Escola de Custodópolis (CSEC).

O vice-prefeito Frederico Paes representou o prefeito Wladimir Garotinho. Reeleitos para o quadriênio 2022-2026, os professores Edilbert Pellegrini Nahn Junior e Luiz Clovis Parente Soares assumiram os cargos de diretor e vice-diretor, respectivamente.

A cerimônia foi realizada no anfiteatro da instituição. Também estiveram presentes o secretário municipal de Saúde, Paulo Hirano, a vice-presidente da FBPN e presidente da Sociedade Fluminense de Medicina e Cirurgia, Vanda Terezinha Vasconcelos, o conselheiro do Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj), Antônio Abílio Pereira, que representou a presidência do Conselho, dentre outras autoridades.

Após o ato de posse, o presidente do Fórum das Instituições de Ensino Superior de Campos (Fidesc) e reitor do Instituto Federal Fluminense (IFF), professor Jefferson Manhães de Azevedo, ministrou palestra com o tema “Educação Transformadora”.

O vice-prefeito Frederico Paes disse que grande parte do corpo clínico que atua nas unidades de saúde de Campos é oriunda da Faculdade de Medicina que, inclusive, segundo ele, ajudou a reerguer o Hospital Plantadores de Cana (HPC), transformando a maternidade referência regional, com a realização de 400 partos por mês.

“O que o prefeito Wladimir Garotinho e eu desejamos, enquanto gestores municipais, é levar atendimento de qualidade à população por meio do Sistema Único de Saúde, e a faculdade tem papel fundamental nisso, pois forma profissionais de excelência”, afirmou Frederico, que fez um breve relato das ações de governo, como os Mutirões de Saúde, reforma e ampliação do Hospital Ferreira Machado (HFM) e Hospital Geral de Guarus (HGG), além da reabertura das Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

Ex-aluno da FMC, Paulo Hirano afirmou que a faculdade é um celeiro de mentes brilhantes. “Sinto-me honrado de ter sido aluno e professor dessa escola e hoje estar aqui como representante da Secretaria de Saúde”.

O diretor reeleito, Edilbert Pellegrini, disse que a Faculdade de Medicina está inserida na sociedade campista e o trabalho que a diretoria vem executando visa devolver o acolhimento recebido. “Grandes nomes que atuam no município, sejam como médicos, professores ou ocupando cargos públicos, saíram dessa faculdade”, disse ele, ressaltando que uma das missões da FMC é dar ênfase na formação profissional humanizada.

A Faculdade de Medicina completará 55 anos no dia 14 de outubro. Já graduou ao longo de sua trajetória, 4.322 médicos e 385 farmacêuticos.

Secom*

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *