Vacina da meningite para adolescentes de 11 e 12 anos em 27 salas de imunizações, em Campos

A vacina ACWY, que protege contra quatro sorotipos de meningite bacteriana, está disponível em 27 salas de imunizações do município para adolescentes de 11 e 12 anos, assim como as outras vacinas de rotina do calendário da criança e do adolescente. A vacina foi incorporada pelo Ministério da Saúde ao calendário de imunizações no ano passado, que já disponibilizava a vacina meningocócica C, que tem como público-alvo crianças menores de cinco anos.

Entre os sorotipos de meningite bacteriana que a vacina ACWY protege estão o A, C, W e Y. O único tipo de meningite que não há vacina no Sistema Único de Saúde (SUS) é a meningocócica B. Essa vacina só é encontrada na rede particular.

O subsecretário de Atenção Básica, Vigilância e Promoção da Saúde (Subpav), Charbell Kury, explica que a vacina contra a meningite foi implantada no Brasil em 2010 e era aplicada em crianças menores de 2 anos para prevenir contra o meningococo C, que causava, à época, de 70% dos casos meningite. Mas, como o passar do tempo, a meningite C parou de ser a principal em menores de 5 anos.

“Já se passaram 10 anos de implantação da vacina e, nesse tempo, percebemos que a meningite é uma bactéria que gosta de nicho ecológico, ou seja, quando o meningococo C desocupa o nicho, outros ocupam. Logo, com a saída do C, quem passou a ocupar foi o B, que ainda tem vacina do SUS, e meningite WC135, que hoje já responde por 10% a 20% dos casos e fazendo com que houvesse a necessidade de incluir outra vacina no calendário do SUS”, explica Charbell.

O subsecretário explica ainda que além do comportamento migratório da bactéria, o Ministério da Saúde também percebeu a queda dos anticorpos protetores para meningite depois de 5 a 10 anos entre os vacinados. “Essa queda de anticorpos e presença de surtos na população de adolescente é porque, com a infância protegida, a bactéria se descola. E, como agora a meningite C e W estão sendo deslocada para a adolescência, o Ministério da Saúde aproveitou para oferece a vacina ACWY para o adolescente, pois é ele que tem a chance de ficar com meningite, com alta taxa de mortalidade. A vacina é importante e todos adolescentes com idade de 11 e 12 anos devem tomar”, acrescentou Charbell.

Para ser vacinado é obrigatório apresentar a carteira de vacinação e um documento com foto.

Vale ressaltar que, entre os pontos de imunizações, no Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais (CRIE) o atendimento é somente para pacientes com Hemoglobinúria Paroxística Noturna (HPN) em uso de eculizumabe a partir de 14 anos. Nos demais, o atendimento é de livre demanda.

Confira os locais de vacinação:
Atendimento — das 08h às 16h
Centro de Saúde de Guarus
UBS Aldeia
UBS Eldorado
UBS Félix Miranda
UBS Imperial
UBS IPS
UBS Lagamar (Farol de São Thomé)
UBS Morangaba
UBS Morro do Coco
UBS Parque Rodoviário
UBS Patronato São José
UBS Ponta da Lama
UBS Ponta Grossa
UBS Santa Helena
UBS Santa Maria
UBS Santo Amaro
UBS Santos Dumont
UBS Sentinela do Imbé
UBSF Poço Gordo
UBSF Santa Cruz
UBSF Saturnino Braga
UBS Parque Prazeres
UPH de Travessão
UPH Santo Eduardo
UPH São José
UPH Ururaí

Atendimento — das 8h às 17h
CRIE (Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais)

Subcom*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *