TSE arquiva ação que pedia a cassação de Wladimir

O Ministro Og Fernandes, do Tribunal Superior Eleitoral, negou seguimento a uma ação que pedia a cassação do mandato do deputado federal Wladimir Garotinho.

A ação foi proposta pela presidente do extinto Partido Republicano Progressista (PRP), Eliane Cunha, alegando infidelidade partidária.

Wladimir saiu do PRP após o partido não conseguir atingir a cláusula de barreira, o que permitiu sua desfiliação, e ingressou no PSD.

O ministro Og Fernandes julgou extinto o processo sem resolução do mérito sob o fundamento de que a presidente estadual da sigla não tinha legitimidade para pedir o mandato de Wlad.

Confira a decisão:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *