TRE cassa mandato do prefeito de Nova Iguaçu Rogério Lisboa por financiar fake news

Em um placar apertado, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro decidiu cassar a chapa que levou Rogério Lisboa (PL) à Prefeitura de Nova Iguaçu em 2016.

Foram 4 votos a 3 mantendo a sentença de primeira instância. Como não houve unanimidade, o prefeito pode recorrer a embargos de declaração.

Após o fim dos recursos, o tribunal pode convocar novas eleições no maior município da Baixada Fluminense.

A condenação foi por abuso de poder econômico e caixa 2. Lisboa foi acusado de omitir a contratação de carros de som das contas de campanha, além de divulgar notícias injuriosas contra adversários em sites.

Relembre a decisão da juíza: Prefeito de Nova Iguaçu Rogério Lisboa é cassado em Aije sobre fake news nas eleições de 2016

Com informações Coluna Extra, Extra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *