22/05/2024
Campos

Trânsito na Ponte Barcelos Martins será restringido para motos a partir de segunda

A Prefeitura de Campos, por meio do Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT), irá restringir o acesso de motocicletas na Ponte Barcelos Martins a partir da próxima segunda-feira (15). A ponte será restrita a pedestres, ciclistas e veículos de serviços de emergência. A finalidade é garantir mais segurança aos ciclistas. A ponte é uma das principais ligações da ciclofaixa da Avenida Tancredo Neves, em Guarus, com a Rua Barão de Miracema, no Centro, até a Avenida 28 de Março. A ponte recebeu pintura de ciclofaixa. O trecho começou a ser sinalizado nesta sexta-feira (12) e, na segunda, a Guarda Civil Municipal (GCM) estará com equipe na ponte em apoio.

“O número de ciclistas que utilizam a Ponte Barcelos Martins é muito grande e o fluxo de motocicletas tem causado conflito com aqueles que atravessam a ponte de bicicleta. São muitas reclamações, por exemplo, da velocidade imprimida pelos motociclistas na ponte, o que tem ocasionado inúmeros acidentes”, explicou o presidente do IMTT, Nelson Godá, acrescentando que a passagem de ambulâncias da Prefeitura, do Corpo de Bombeiros e de hospitais particulares com prestação de socorro, bem como as viaturas das Polícias Militar e Civil e da Guarda Municipal, continuará permitida.

AMPLIAÇÃO DA INFRAESTRUTURA CICLOVIÁRIA

Nelson Godá informa que este processo faz parte da ampliação da infraestrutura cicloviária da cidade. Atualmente, Campos possui 60,62 quilômetros, sendo 30,6 quilômetros de ciclovias; 28,6 quilômetros de ciclofaixas; 400 metros de ciclorrota e 862 metros de calçada compartilhada.

“O IMTT e o Cidennf (Consórcio Público Intermunicipal de Desenvolvimento do Norte Fluminense) seguem parceiros na requalificação das ciclofaixas e este projeto cicloviário prevê a conexão da ciclofaixa da Avenida Tancredo Neves, no Jardim Carioca, passando pela Ponte Barcelos Martins e Rua Barão de Miracema até a Avenida 28 de Março”, pontuou o presidente.

Secom*

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *