TCU condena Orlando Diniz a devolver quase R$ 60 milhões

O ex-presidente da Fecomércio do Rio de Janeiro, Orlando Diniz, foi condenado pelo Tribunal de Contas da União a devolver mais de R$ 58 milhões aos cofres do Sesc e do Senac estaduais por um convênio ilegal.

Além de Diniz, que acumulava a presidência do Senac, foram condenados ainda Marcelo Salles de Almeida, ex-presidente do Sesc e a própria Fecomércio.

Diniz, preso pela Lava Jato por integrar esquema de corrupção de Sergio Cabral, terá ainda que pagar uma multa no valor de R$ 640 mil.

Agenda do Poder*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *