SJB avalia suspensão da barreira sanitária na BR-356

A suspensão da barreira sanitária na BR-356 na madrugada de sábado, 23, em São João da Barra, por determinação da Polícia Rodoviária Federal (PRF), motivou uma reprogramação da ações educativas, de fiscalização e de conscientização visando coibir a disseminação do coronavírus, já que houve um aumento significativo do fluxo de pessoas. O assunto foi discutido em reunião na tarde de segunda-feira, 25, envolvendo Procuradoria Geral e as secretarias de Saúde, Segurança Pública e de Planejamento e Informatização. Um dos pontos destacados foi a efetiva colaboração de comerciantes e da população em geral, em razão da iminência da adoção de medidas mais rígidas em caso de aumento significativo do número de casos nos 15 dias subsequentes ao início do livre acesso ao município.

O secretário de Saúde, Sávio Saboia, enfatizou que o momento é de precaução e cuidado para que todos os moradores e veranistas fiquem alertas sobre a importância da prevenção. “É fundamental que todos usem máscara, higienizem as mãos, evitem aglomeração e mantenham o distanciamento social”, alertou o secretário, ponderando que os dados de casos positivos de Covid- 19 serão avaliados diariamente e não afastou a possibilidade do município decretar lockdown caso os índices de contágio aumentarem substancialmente de forma a deixar a população de SJB em risco elevado.

“Intensificaremos a fiscalização das medidas preventivas que vêm sendo aplicadas desde o início da pandemia com a realização de blitz educativas para conscientizar sobre a importância da prevenção ao coronavírus. Atuaremos coibindo festas clandestinas e estabelecimentos comerciais que não estão cumprindo o Decreto Municipal. Já nas praias vamos fazer valer a proibição do tráfego de veículos na faixa de areia com base no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), além de coibir estabelecimentos irregulares e carros com som alto para evitar aglomeração” , informou o secretário de Segurança Pública, Anderson Campinho.

Além dos secretários de Saúde e de Segurança Pública, Sávio Saboia e Anderson Campinho, participaram da reunião o subsecretário de Saúde, Pedro Bastos, a coordenadora de Vigilância em Saúde, Arleny Valdés, e a sanitarista Samia Damas. Estiveram presentes também a procuradora geral, Evelinne Cardoso de Azevedo Serra, e o secretário de Planejamento e Informatização, Rodrigo Florêncio Machado.

Ascom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *