SJB: Assessor da Prefeitura morre após levar três tiros em Atafona

O torcedor Márcio Guimarães, de 40 anos, alvejado a tiros na noite de ontem, 24, na rua Dionísio Cardoso Barboza, em Atafona, distrito de São João da Barra, não resistiu aos ferimentos no Hospital Ferreira Machado.

Márcio chegou a ser socorrido, após ser baleado, passou por cirurgia, mas veio a óbito na unidade hospitalar de Campos.

Segundo informações da polícia, um homem ligou para um estabelecimento comercial de Grussaí fazendo um pedido para Atafona. Quando o entregador, identificado como Márcio Guimarães, de 40 anos, chegou ao local foi logo recebido por vários disparos na rua. Cerca de seis tiros foram efetuados por um homem vestindo blusa branca, sendo que um tiro acertou no braço e outros dois atingiram a região torácica da vítima.

A polícia faz buscas na tentativa de localizar o autor dos disparos, mas ninguém foi preso até o momento.

Márcio que deixa dois filhos era proprietário do bloco Jovem Folia e assessor da prefeitura de São João da Barra.

O homicídio foi registrado na 145ª Delegacia de Polícia de São João da Barra.

Na manhã deste domingo, 24, o blog da rádio Barra FM divulgou (AQUI) que Márcio estaria sem máscara e na frente da casa do deputado estadual Bruno Dauaire (PSC), em Grussaí, fazendo provocações e incitando o parlamentar a andar pela rua, o que seria proibido pela prefeitura, segundo a publicação.

De acordo ainda com o site, Márcio chegou a ser preso e é um dos acusados pelo assassinato do torcedor do Vasco e do Americano, de Campos, Vinícius Birigui, em 2016. Ele respondia em liberdade e aguardava o julgamento do Tribunal do Júri.

Clique (AQUI) e assista ao vídeo onde Márcio ainda correu sendo alvejado.

Fonte: Parahybano

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *