SFI: Procon se reúne com Defensoria Pública e representantes de concessionárias e cobra melhorias da Enel, Vivo e Águas do Rio - Tribuna NF

SFI: Procon se reúne com Defensoria Pública e representantes de concessionárias e cobra melhorias da Enel, Vivo e Águas do Rio

IPTU - Prefeitura de Campos dos Goytacazes

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de São Francisco de Itabapoana (SFI) participou de reunião híbrida (presencial e remota) com representantes da Defensoria Pública do Estado e das concessionárias de serviços Enel (energia elétrica), Vivo (telefonia e internet) e Águas do Rio (água e esgoto). O encontro aconteceu na semana passada, na Sala de Reuniões da Prefeitura de SFI, e objetivou a melhorias dos serviços prestados, além de um planejamento das empresas para o verão 2023/2024, período em que o município recebe milhares de turistas.

“As principais reclamações dos consumidores da Enel são: oscilação na rede elétrica e falta de energia, o que acaba provocando a queima de aparelhos eletrodomésticos, ausência de cordialidade, fatura e Termo de Ocorrência e Inspeção (TOI) indevidos, lentidão no atendimento e ineficácia na resolução dos problemas. Em relação à Vivo, falta de sinal de telefonia e internet, má qualidade nas ligações de celular, demora no atendimento, cobrança indevida e plano não solicitado, além de falta de cobertura em diversas localidades do município, o que poderia ser solucionado, segundo sugestão dos clientes, com a instalação de mais torres da empresa para aumentar a abrangência do sinal”, ressaltou a coordenadora do Procon-SFI, Gilda Quintanilha, acrescentando:

“Já as principais queixas sobre os serviços da Águas do Rio: falta e má qualidade de água com coloração escura e imprópria para consumo humano e dos animais, ausência de cordialidade e de protocolo no atendimento, cobranças indevidas, inclusive retroativas, danos provocados na calçada para a instalação de hidrômetro e sem fazer o reparo no piso corretamente. Os consumidores das três empresas reclamaram ainda da falta de publicidade e de transparência. O Procon deu um prazo de 72 horas para as respostas serem formalizadas”.

Durante a reunião, a Enel informou que trabalha na capacitação e aumento de equipes para ser mais rápida nos atendimentos, inclusive de emergência; a Águas do Rio disse que vai atualizar o maquinário para melhorar a qualidade e quantidade da água oferecida, além de aumentar o número de caminhões-pipa para eventuais emergências; a Vivo, através da preposta, requereu à coordenadora do Procon uma agenda para esta semana, alegando que as melhorias dos problemas reclamados pelos consumidores dependem da área técnica e de engenharia da empresa.

“Em caso de dúvidas ou para realizar uma denúncia ou reclamação no Procon-SFI, o consumidor pode comparecer à sede do órgão, no Terminal Rodoviário Manoel Carlos da Silva, na área central, em frente à sede da Prefeitura de SFI, ou através do telefone (22) 99797-8909, com atendimento de segunda a sexta-feira, exceto feriados e pontos facultativos, das 8h às 17h, e ainda pelo e-mail [email protected]”, orientou Gilda.

Ascom*

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *