SFI: Cadastramento obrigatório de ambulantes que pretendem trabalhar na faixa de areia começa nesta terça-feira (12) - Tribuna NF

SFI: Cadastramento obrigatório de ambulantes que pretendem trabalhar na faixa de areia começa nesta terça-feira (12)

IPTU - Prefeitura de Campos dos Goytacazes

A Prefeitura de São Francisco de Itabapoana (SFI) inicia nesta terça-feira (12) o cadastramento obrigatório para todos os vendedores ambulantes do município que desejam trabalhar na faixa de areia durante o Verão 2023/2024. O prazo vai até o próximo dia 29. O principal objetivo é estimular a comercialização de variedades de produtos, além de valorizar os próprios ambulantes de SFI.

O cadastramento acontecerá na sede da Postura, localizada na Rodoviária Municipal, em frente à Praça dos Três Poderes, no Centro. O atendimento é das 8h às 16h, de segunda a sexta-feira, exceto feriados e pontos facultativos. É preciso levar documento oficial com foto (RG, carteira de trabalho ou carteira nacional de habilitação), comprovante de residência atualizado e uma foto ou amostra do produto a ser comercializado.

“A ação será realizada em conjunto entre as secretarias municipais de Turismo, Indústria e Comércio (SecTur) e de Segurança, Ordem Pública e Defesa Civil (Sesep), por intermédio do Departamento de Postura. Os ambulantes cadastrados receberão capacitação, coletes de identificação e crachá. É necessário que o ambulante defina em qual praia pretende atuar. O cadastramento será feito para que haja controle de quem são os ambulantes que trabalham”, explicou o secretário da SecTur, Júnior Junqueira, acrescentando:

“Vale reforçar, mais uma vez, que apenas ambulantes moradores no município poderão fazer o cadastro para trabalhar na faixa de areia”.

Entre os produtos que poderão ser comercializados estão: saladas de frutas, picolés, queijo coalho, camarão, açaí, água de coco e mineral, bebidas e alimentos em geral, cangas, óculos de sol, artesanato, itens decorativos, acessórios, além dos serviços de tatuagem de henna e trancista”, ressaltou o secretário.

O secretário da Sesep, subtenente Edson Brito, reforçou as palavras de Junqueira: “O cadastramento, além de proporcionar valorização, também vai evitar que vendedores de outras cidades comercializem os seus produtos na faixa de areia de SFI, prejudicando o trabalho dos ambulantes do nosso município”.

Ascom*

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *