SFI: Aulas remotas da rede municipal começam na segunda (22) com novidades para auxiliar os alunos

Nesta sexta-feira (19), a Prefeitura de São Francisco de Itabapoana (SFI), através do secretário de Educação e Cultura, Renato Cunha, informou que as aulas remotas terão início na próxima segunda-feira (22), em toda rede municipal de ensino. Neste ano haverá novidades: além das apostilas, os estudantes também receberão livros para auxiliar no aprendizado.

Conforme calendário escolar, as aulas funcionarão por bimestre, podendo sofrer alteração em caso de necessidade. Os alunos continuarão assistindo as aulas gravadas pelo Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), mas desta vez, algumas escolas terão professores disponíveis durante o horário escolar para dar suportes aos estudantes, pais ou responsáveis.

“A secretaria está seguindo as recomendações sanitárias para evitar a contaminação pelo novo coronavírus (Covid-19), e em razão disso, vai manter o ensino na modalidade remota. Pedimos a compreensão dos pais ou responsáveis para que sigam essa logística, na qual será mantida durante todo o semestre. Estamos em processo de organização, mas a secretaria está trabalhando para oferecer o melhor aos alunos”, informou Renato.

Os materiais ficarão à disposição nas escolas a partir das segundas-feiras e deverão ser devolvidos às sextas-feiras. Pais ou responsáveis também precisarão assinar uma lista de recebimento das apostilhas do aluno. O diretor do Departamento de Ensino, Valnes Soares da Silva, explicou a finalidade.

“No ano passado houve muita evasão de alunos. Por conta disso, esse ano a secretaria resolveu fazer diferente, como forma de identificar onde está ocorrendo a desistência dos discentes. Assim, poderão ser aplicadas as iniciativas necessárias para resolver o problema”, contou.

A prefeita Francimara Barbosa Lemos ressaltou que a educação não pode parar. “Ainda não sabemos até quando vai perdurar esse tempo de pandemia. O que podemos fazer é dar prosseguimento no ensino tomando todas as medidas de prevenção e trabalhar ao máximo para que os alunos da rede municipal não sejam prejudicados. Afinal, as crianças são o futuro do nosso município”, destacou.

Ascom SFI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *