Sérgio Cortes se torna réu em processo que investiga corrupção e fraude no RJ

O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal no Rio, aceitou, na segunda-feira (13), a denúncia do Ministério Público contra Sérgio Côrtes.

Com a denúncia, o ex-secretário estadual de saúde do Rio e Diretor do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), se torna réu em mais um processo das operações que investigam corrupção e fraude.

O empresário Daurio Speranzini Junior também foi denunciado. Côrtes e outras duas pessoas serão ouvidas pela Justiça Federal. Na denúncia, o Ministério Público Federal aponta fraudes em licitações no INTO, envolvendo empresas internacionais.

Côrtes foi denunciado e preso na Operação Fatura Exposta, acusado de movimentar ao menos U$ 4,3 milhões em contas na Suíça. Após a transação bancária, ele transferiu a quantia para uma offshore nas Bahamas, entre 2011 e 2017.

G1*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *