Sem serviço bancário, comércio tem dia útil sem aglomeração no Centro de Campos

Com os bancos fechados pelo fato de não terem antecipado o feriado, as principais ruas da área central de Campos estavam praticamente vazias.

Na prática ficou comprovado o que já vinha sendo observado por muitos: com a redução do horário bancário e sua força de trabalho, as agências provocam imensas filas, principalmente em dias de pagamento de benefícios, como parcelas do auxílio emergencial.

As entidades representativas de classe tem batido nesta tecla, afirmando que o comércio tem que voltar a funcionar no seu horário normal e que o atendimento bancário também deve voltar operando com a força normal de trabalho.

Fonte: CDL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *