23/05/2024
Região

Segurança dos participantes foi fator decisivo para adiamento da ExpoBarra

O adiamento da ExpoBarra, anunciado pela prefeita Carla Caputi na noite desta terça-feira, 5, teve como base informações relacionadas às más condições climáticas, emitidas por entidades e órgãos como a Marinha do Brasil e Instituto Estadual do Ambiente (Inea). A prioridade, de acordo com a prefeita, é zelar pela segurança dos participantes e a análise da situação juntamente aos segmentos envolvidos na realização e participação no evento, entre eles diferentes setores da administração municipal, empresas responsáveis pelos atrativos e pelas instalações sacramentou a decisão, com a confirmação de que a exposição vai acontecer ainda neste ano de 2023, em data a ser definida.

Prevista inicialmente para ter início nesta quarta-feira, 6, prosseguindo até domingo, 10, no Parque de Exposições e Eventos Manoel Rangel Pessanha, a ExpoBarra envolve uma série de eventos voltados ao universo da agricultura, da pecuária e ao lazer e entretinimento, com shows de artistas locais, regionais e nacionais e expectativa de público de 150 mil pessoas nos cinco dias.

Os ventos fortes, que podem ultrapassar 60 km/h, colocando em risco as estruturas programadas para o evento, impossibilitando a garantia da segurança plena do público é o principal fator climático para o adiamento, de acordo com a organização, e que poderia colocar em risco a segurança das pessoas.

“Havendo risco, a opção é sempre preservar a segurança de todos. Então a decisão, com respaldo técnico, é pelo adiamento da ExpoBarra, que acontecerá em nova data dentro do padrão que planejamos. A previsão é a permanência dos ventos, então não podemos arriscar. Uma nova data será marcada”, disse a prefeita.

Presidente da Associação dos Ambulantes de São João da Barra (ASA), que iria atuar com 72 profissionais no evento, Ângela Amaral confirma o apoio à decisão pelo adiamento. “Foi muito acertada, pois estaríamos impossibilitados, devido aos fortes ventos que já atingem o município, de trabalhar oferecendo um atendimento de qualidade dentro do Parque de Exposições”, disse.

Ascom*

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *