Covid-19: Secretaria de Saúde diz que há caso suspeito de reinfecção no estado do Rio

O caso de uma mulher de 39 anos, moradora de Volta Redonda, no Sul Fluminense, está sendo investigado como uma possível reinfecção por coronavírus no estado. A informação é da Secretaria Estadual de Saúde (SES).

A paciente trabalha na capital e em Angra dos Reis. A primeira infecção teria ocorrido em maio; a segunda, em agosto. Uma força-tarefa montada por município, secretaria estadual de saúde e Ministério da Saúde investiga o caso.

Tendência de alta não é nova onda, dizem especialistas

O Rio tem 15.560 mortes por coronavírus, registradas até a última terça-feira (26), quando o estado chegou ao sexto dia consecutivo de tendência de alta na média móvel de mortes por Covid-19.

Especialistas afirmam que não há uma “nova onda” e creditam o aumento a testes represados. As autoridades dizem que 700 mortes — ocorridas em maio, junho e julho — que estavam em investigação foram confirmadas nos últimos dias.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, foram 162 novos óbitos confirmados desde segunda (24), o que elevou a média para 119 mortes por dia: 89% a mais que a média de duas semanas atrás e o maior índice em um mês.

Reinfecção não parecer ser comum, diz OMS

Também na terça-feira, um porta-voz da Organização Mundial da Saúde informou que os casos de reinfecção não parecem ser comuns.

“É um caso documentado em mais de 23 milhões”, afirmou a porta-voz, Margaret Harris, sobre o caso em Hong Kong. “E provavelmente veremos mais casos, mas parece não ser um evento regular. [Ou] teríamos visto muito mais casos”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *