Seap indaga Justiça se Flordelis ou a neta deve ser transferida para presídio em Campos

A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) enviará esclarecimentos à Vara Criminal da Justiça, na segunda-feira (16), para que seja avaliada a necessidade de transferência de Flordelis, ou da neta Rayane dos Santos, para um presídio feminino em Campos dos Goytacazes.

O decreto de prisão de Flordelis proíbe o contato entre os corréus. Flordelis foi encaminhada no sábado para o Instituto Penal Santo Expedito, no Complexo de Gericinó, justamente onde a neta Rayane dos Santos cumpre pena desde outubro do ano passado.

A Seap esclareceu que Flordelis, Rayane e Andrea Santos Maia, também presa por envolvimento no assassinato, estão no mesmo complexo, mas em espaços diferentes da unidade, e portanto, sem contato entre si. Ainda assim, a secretaria informou que “serão enviados esclarecimentos à Vara Criminal, solicitando que seja avaliada a necessidade de transferência de alguma das internas para unidade feminina de Campos dos Goytacazes”.

Cinco mulheres estão presas por conta do assassinato do pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019. Marzy Teixeira da Silva, filha adotiva de Flordelis, está na Penitenciária Talavera Bruce, em Bangu. A filha biológica Simone dos Santos Rodrigues está no Instituto Penal Oscar Stevenson, em Benfica. Já Rayane dos Santos Oliveira, Andreia Santos Maia e Flordelis dos Santos de Souza estão no Instituto Penal Santo Expedito, no Complexo de Gericinó.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *