Saúde reforça necessidade de população tomar a vacina contra a gripe

O último balanço da Subsecretaria de Atenção Básica, Vigilância e Promoção da Saúde (Subpav) aponta que, até segunda-feira (23), 41.699 pessoas foram imunizadas contra Influenza, vacina que previne contra a gripe. Iniciada em 4 de abril, a meta da campanha é vacinar 90% dos grupos prioritários elencados pelo Ministério da Saúde, ou seja, cerca de 170 mil pessoas.

Entre os grupos prioritários estão crianças de 6 meses a menores de cinco anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), idosos com 60 anos mais; pessoas com comorbidades, profissionais da educação e da saúde, gestantes, puérperas, motoristas de transporte urbano, incluindo taxista e permissionários de van, além de pessoas privadas de liberdade, forças armadas, de segurança e salvamento, e etc.

A vacina Influenza é trivalente, ou seja, eficaz contra as cepas H1N1, H3N2 (incluindo o subtipo Darwin que provou o último surto da doença na cidade) e o tipo B. O imunizante está diariamente disponível em mais de 25 postos de vacinação, sempre das 9h às 15h.

“Mesmo quem tomou a vacina no final do ano passado ou até 31 de janeiro deste ano, deve voltar ao posto de saúde para uma nova imunização. A baixa adesão à vacina é porta de entrada para a doença que pode, inclusive, levar a internação e até mesmo ao óbito”, explica o subsecretário da Subpav, Rodrigo Carneiro, que pede às pessoas que não deixem de tomar a vacina.

Além da vacina Influenza, o município também segue aplicando a Tríplice Viral (sarampo) para profissionais da saúde e crianças maiores de 6 meses até 4 anos, 11 meses e 29 dias. Até segunda, foram aplicadas 6.331 doses.

A vacinação simultânea é uma atividade recomendada pelo Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde. No caso dos idosos, é possível fazer a vacina contra a gripe e a 2ª dose do reforço (4ª dose) para otimizar o deslocamento desse público aos postos.

CONFIRA OS POSTOS DE VACINAÇÃO:

Postos exclusivos para vacinação contra a gripe e sarampo em crianças sem comorbidades com idade entre 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias:

Cidade da Criança; Centro de Saúde de Guarus; UBSF Lagoa de Coma; UBSF Custodópolis; UBSF Parque Rodoviário; UBSF São Sebastião; UBSF Félix Miranda; UBSF Parque Prazeres; UBSF Santos Dumont; UBSF IPS; UBSF Parque Imperial; UBS Penha; UBS Ponta Grossa; UBS Santa Maria; UBSF Saturnino Braga; UBS Tocos; UBS Venda Nova; UBSF Vila Nova; UBSF Morangaba; UBSF Dores de Macabu; UBSF Ponta da Lama; UBS Poço Gordo; UBSF Lagamar/Farol de São Tomé, além das UPH Travessão e UPH Ururaí.

Posto exclusivo para vacinação contra gripe e sarampo em crianças com comorbidades e deficiências de 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias:

Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais (CRIE).

Postos exclusivos vacinação contra gripe e sarampo para profissionais de saúde:
Automóvel Clube; Centro de Saúde de Guarus; e UBSF São Sebastião.

Posto exclusivo vacinação contra gripe em gestantes e puérperas:
Secretaria Municipal de Saúde.

Posto exclusivo vacinação contra gripe crianças de 5 a 11 anos, 11 meses e 29 dias com comorbidades e deficiências:
Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais (CRIE).

Postos exclusivos para vacinação contra gripe em: pessoas com 12 anos ou mais com comorbidades e deficiências; idosos com idade igual ou superior a 60 anos; trabalhadores portuários; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário para passageiros urbanos e de longo curso, incluído taxistas e permissionários de vans que possuam registro junto ao Instituto Municipal de Trânsito e Transportes (IMTT); e profissionais da Educação da rede pública e privada:

Automóvel Clube; Centro de Saúde de Guarus; Fundação Municipal de Esportes, antiga AABB; Vila Olímpica do Jardim Carioca; Quiosque da Rodoviária Roberto Silveira; Clube da Terceira Idade; no Drive-thru da Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF); e UBSF São Sebastião.

Postos com aplicação da 4ª dose COVID-19 e gripe para idosos acima de 60 anos:
Drive-thru da Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF) e no Clube da Terceira Idade.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS:

Crianças sem comorbidades e idosos: documento com foto, CPF, comprovante de residência e cartão de vacina.

Crianças e adultos com comorbidades: documento com foto, CPF, comprovante de residência, caderneta de vacina e documento comprobatório: laudo médico; receita; cartões de gratuidade no transporte público, incluindo a Carteira Municipal de Identificação do Autista (CMIA); documentos de atendimento em centro de reabilitação ou unidades especializadas; documento oficial que identifique a deficiência; carteirinha de algum programa, como, por exemplo, Programa de Assistência ao Paciente com Asma e Rinite (Proapar) ou Unidades de Assistência de Alta Complexidade (UNACON), entre outras.

Gestantes e puérperas: documento com foto, CPF, cartão de vacina, comprovante de residência e cartão pré-natal.

Demais grupos prioritários: documentos com fotos, CPF, comprovante de residência, documento que comprove o exercício efetivo da função. No caso dos taxistas e permissionários de vans pode ser o registro junto ao Instituto Municipal de Trânsito e Transportes (IMTT).

OUTROS GRUPOS:

Os funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdades e adolescentes em medidas socioeducativas, além das forças armadas, força de segurança e salvamento são atendidos nas próprias unidades.

Secom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.