Rio quer vacinar 90% dos adultos cariocas até outubro: ‘Nessas condições, vamos ter réveillon e carnaval’, diz Paes

A Prefeitura do Rio espera vacinar 90% da população adulta do município até o fim de outubro, segundo o calendário de imunização divulgado esta semana. “Chegando a essas condições, vamos ter réveillon e carnaval”, afirmou o prefeito Eduardo Paes, em coletiva nesta sexta-feira (14).

Na quarta (12), Paes compartilhou o cronograma da aplicação da primeira dose para o público em geral. A previsão é vacinar todas as pessoas com comorbidades até o fim de maio — para, então, iniciar o atendimento a quem tem menos de 60 anos. Serão três dias para cada idade, chegando a 18 anos em 23 de outubro.

“A boa notícia, se eu pudesse definir em uma frase, é que vamos ter carnaval. Chegando nestas condições, a gente pode ter réveillon, pode ter carnaval, as pessoas podem voltar a se abraçar”, afirmou o prefeito.

“Não custa lembrar que isso tudo depende da chegada do imunizante. A gente tem tido nos últimos tempos uma estabilidade na entrega da vacina, principalmente da AstraZeneca”, pontuou Paes.

Rio poderia vacinar mais

Paes também disse que a prefeitura está vacinando menos do que gostaria, em razão da restrição dos grupos prioritários, determinada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

“A gente vacina menos do que a gente teria capacidade em razão desta regra das prioridades”, afirmou.

Há uma semana, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) suspendeu a vacinação para os profissionais de educação, segurança pública, motoristas e cobradores de ônibus, transporte escolar e serviços de limpeza urbana.

A prefeitura então atendia a uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a ordem de vacinação de grupos prioritários.

Paes acrescentou que continua defendendo que professores deveriam se vacinar antes.

G1*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *