Ressaca provoca ondas de até 3,5 metros no Farol de São Thomé

Como previsto pela Defesa Civil, a ressaca no Farol de São Thomé provocou ondas de até 3,5 metros na tarde desta quinta-feira (23). Desta vez, até o momento, a localidade de Gaivotas foi a mais afetada pelo fenômeno. Para alertar motoristas e motociclistas e orientar que evitem trafegar pelo local, a Defesa Civil sinalizou o ponto onde há maior risco de erosão.

O órgão seguirá monitorando a situação durante toda a noite. A previsão é de que a ressaca prossiga até esta sexta-feira (24). A população pode acionar a Defesa Civil a qualquer hora através dos telefones 199 ou (22) 98175-2512.

A chegada da maré alta, às 15h47, provocou o aumento de 1,5 metro do nível do mar. As ondas maiores, de até 3,5 metros começaram a ser registradas também a partir deste horário.

“Tínhamos dados desta previsão que se confirmou. Seguiremos monitorando a situação durante toda a noite e também amanhã. Não é possível conter os fenômenos naturais. Mas, com o nosso setor de Prevenção atuante, temos a possibilidade de pensar alternativas para preservar vidas e evitar danos maiores”, salientou o secretário de Defesa Civil, coronel Alcemir Pascoutto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *