Rafael Diniz em Brasília com pauta sobre royalties, contorno da BR 101 e mobilidade

O prefeito Rafael Diniz (PPS) manteve agenda intensa nesta quarta-feira (26), em Brasília, tratando de pautas importantes para Campos e região. O julgamento pelo Supremo Tribunal Federal (STF), marcado para 20 de novembro, e que pode redistribuir os royalties do petróleo, foi o tema do encontro com o deputado federal Christino Áureo (PP). A convite do parlamentar, o prefeito participou da reunião da Comissão de Minas e Energia e foi apresentado ao ministro da pasta, Bento Albuquerque. O prefeito também esteve na ANTT, para tratar do contorno da BR 101, e na secretaria nacional de Mobilidade Urbana, falando sobre o programa “Avançar Cidades”.

Também presidente da Ompetro, Rafael Diniz falou com Christino sobre a importância da união suprapartidária em defesa dos royalties do petróleo: “A seu convite, participei de uma reunião na Comissão de Minas e Energia, quando ele me apresentou ao ministro da pasta, Bento Albuqueque”.

Junto com o presidente da Companhia de Desenvolvimento do Município de Campos (Codemca), Vinicius Viana, Rafael Diniz esteve com o superintendente da ANTT, Marcelo Alcides, falando sobre contorno da BR 101: “Discutimos tecnicamente o assunto para que possamos avançar em mais esta importante pauta”.

Também com Vinicius, ele esteve reunido com o secretário nacional de Mobilidade Urbana, Jean Carlos Pejo, e o diretor do Departamento de Mobilidade Urbana da Semob, Ricardo Caiado. Na pauta, o programa “Avançar Cidades”, do Ministério do Desenvolvimento Regional, e que contempla melhorias para municípios na área de mobilidade urbana. Presidente do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Norte e Noroeste Fluminense (CIDENNF), Rafael Diniz falou sobre a intenção de trazer para os municípios integrantes este programa. Dentre benefícios do “Avançar Cidades”, estão corredor viário para ônibus, bicicletários e ciclovias. Como “dever de casa”, a Câmara Técnica do Cidennf irá fazer um levantamento das necessidades de cada município para a apresentação de um projeto.

Fonte: Blog do Arnaldo Neto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *