‘Quem errou vai pagar’, diz governador Witzel sobre contratos com suspeita de irregularidades

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, afirmou nesta terça-feira (12) que não vai pagar por contratos considerados irregulares.

“Nenhum centavo sairá dos cofres do estado sem que haja comprovação do preço de mercado e contratos regulares. Quem errou vai pagar”, escreveu o governador nas redes sociais.

Na última quinta-feira (7), a Operação Mercadores do Caos prendeu Gabriell Neves e Gustavo Borges, que ocuparam cargos na Secretaria Estadual de Saúde, e dois empresários.

Segundo as investigações, Gabriell e Gustavo participaram de esquema de vantagens em um contrato de emergência para a compra de respiradores. A Justiça acrescentou que não há garantia de que os equipamentos sejam entregues.

“Determinei que a Procuradoria do Estado tome as medidas judiciais para bloquear os bens daqueles que lesaram os cofres públicos. O resto é fake news”, emendou Witzel.

Leia também: Witzel exonera superintendente de Saúde do RJ preso na “Mercadores do Caos”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *