Programa “Culture, Campos – com horizonte!” lançado no Trianon

O Programa “Culture, Campos – com horizonte!”, da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL), foi lançado na noite desta quarta-feira (14), reunindo convidados. Apresentações de manifestações culturais e uma exposição exaltando diversas faces da arte local marcaram o evento, que seguiu todos os protocolos de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus.

No foyer do teatro, uma exposição reuniu artesanato, artes plásticas, fotografias, esculturas, obras literárias, fantasias e doces. No palco, um espetáculo de luzes e cores, sob a direção de Pedro Carneiro deu vida ao mágico universo da dança, com as participações de diversos grupos da cidade, trazendo Jongo, Mana-Chica, Dança de Rua, Quadrilha, Dança de Salão, Hip Hop e Ballet Clássico.

A Capoeira também passou pelo palco. Escolas de Samba deram o tom da magia do carnaval, com bateria, passistas e um casal de mestre-sala e porta-bandeira, exibindo a bandeira de Campos. Recitado, o hino do município emocionou os convidados do evento.

Em seguida, a presidente Auxiliadora Freitas e equipe subiram ao palco para celebrar os primeiros seis meses de gestão e lançamento do projeto que contém sete eixos basilares, construídos com o intuito de abarcar todos os segmentos culturais e aspectos da cultura local.

Um vídeo produzido em todos os equipamentos administrados pela FCJOL, mostrando os projetos do governo para a cultura, apresentou, oficialmente, o “Culture, Campos – com horizonte!”, que tem os seguintes eixos: Cultura em Movimento (CeM); Memória Ativa Cultural (MAC); Siminino, Siminina na Ciranda Cultural; Gestão Cultural (GeCult); Programa de Formação em Cultura, Saberes Culturais “ProFoC”; Campos Cultural, Fazeres Culturais e Campos Com Vida.

“Estamos construindo uma nova caminhada, alicerçada no propósito de fazer pela cultura de nossa cidade, porque nós entendemos que ela tem a capacidade de transformar. O “Culture, Campos – com horizonte” é um desses caminhos, pois irá valorizar nossa arte e colaborar para a capacitação de nossos fazedores e fazedoras de cultura. Além disso, estamos lutando pela revitalização de nossos prédios, para que a comunidade volta a ocupar seus espaços com o conforto merecido”, anunciou Auxiliadora Freitas.

A vice-presidente da FCJOL, Fernanda Campos, também destacou a importância do projeto. “Essa introdução artística, no palco, nos mostrou a capacidade que todo artista tem, no uso de um espaço cultural. Em poucos meses, com grande esforço, começamos a recuperar o Trianon para que ele esteja pronto para a retomada gradual. Utilizar o lançamento do “Culture, Campos – com horizonte!”, para marcar esse recomeço, foi uma escolha acertada, nos mostrando que a arte se reinventa, principalmente em momentos difíceis como o que estamos vivendo com a pandemia”, disse.

Através de slides, a diretora executiva das Artes e Culturas da FCJOL, Kátia Macabu, detalhou o programa. “Cada eixo foi pensado com base no Plano de Cultura do governo Wladimir Garotinho, do Plano Municipal de Cultura e de solicitações de diversos segmentos da sociedade. Aos poucos cada ação ganhará forma, trazendo novos horizontes para a nossa cultura, sempre com protagonismo para nossos artistas”, enfatizou.

O secretário municipal de Governo, Juninho Virgílio, representou o prefeito Wladimir Garotinho. O vice-prefeito, Frederico Paes, foi representado por seu chefe de gabinete, Marcelo Freire. O presente da Câmara Municipal de Campos, Fábio Ribeiro, prestigiou o evento, junto dos vereadores Dr. Edson Batista, Bruno Pezão, Luciano Rio Lu, Bruno Vianna, Leon Gomes e Jô de Ururaí.

EIXOS DO PROGRAMA “CULTURE, CAMPOS – COM HORIZONTE!”

Cultura em Movimento (CeM) – Descentralizar os fazeres e saberes culturais produzidos originalmente nos equipamentos culturais públicos do município para espaços e públicos cada vez mais diversificados.

Memória Ativa Cultural (MAC) – Estabelecer uma conexão de saberes entre o patrimônio histórico-cultural-social e ambiental do município e os munícipes, propiciando-lhes acesso amplo à cidadania cultural de pertencimento e de identidade, além de lhes possibilitar maior compreensão dos fatos históricos do município por meio de exposições, pesquisas, publicações e da educação patrimonial.

Siminino, Siminina na Ciranda Cultural – Oportunizar o acesso a atividades culturais e artísticas a crianças e jovens de Campos dos Goytacazes que possam contribuir para o aumento de seu arcabouço cultural e de seu afeto pelo patrimônio material e imaterial do município.

Gestão Cultural (GeCult) – Estabelecer ações que deem concretude a uma gestão cultural permeada por diretrizes e metas estabelecidas no Plano Municipal de Cultura, em diálogo constante com os segmentos artístico-culturais e suas representações no Conselho Municipal de Cultura (Comcultura) e no Conselho de Preservação do Patrimônio Histórico e Cultural de Campos (Coppam), bem como com o comitê gestor do Fundo Municipal de Cultura (FunCultura). Atentar para todas as necessidades de infraestrutura dos equipamentos públicos de cultura que venham a propiciar conforto, segurança e uso devido por fazedores de cultura e pela população.

Programa de Formação em Cultura, Saberes Culturais (ProFoC) – Dispor de diversos instrumentos de formação em arte e cultura que proporcionem aos fazedores de cultura do município o conhecimento de saberes necessários para sua autonomia na elaboração, gestão e execução de seus projetos artístico-culturais.

Campos Cultural, Fazeres Culturais – Fomentar a cultura popular e as manifestações artísticas de todos os segmentos com chamadas públicas e apoio privado para reconhecer o fazedor de cultura local e promover sua dignidade no fazer da cultura e arte no município, propiciando à população o acesso as mais diversas vertentes de nossa cultura.

Campos Com Vida – Envidar todos os esforços da gestão pública para que, na contramão da Covid-19, venha o “Com Vida” nas praças, bairros, lagoa e praia, convidando a todos os munícipes a voltarem a conviver com a arte e a cultura em encontros de muita alegria, criatividade e restabelecimento de afetos presenciais.

Subcom*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *