Processo Seletivo IBGE abre inscrições para 7.548 vagas de ensino médio - Tribuna NF

Processo Seletivo IBGE abre inscrições para 7.548 vagas de ensino médio

Foram publicados, no Diário Oficial da União desta terça-feira, 4 de julho, os editais do processo seletivo simplificado do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) para o preenchimento de nada menos do que 7.548 vagas para contratações temporárias.

O quantitativo corresponde aos cargos de agente de pesquisa e mapeamento e supervisor de coleta e qualidade, ambos com exigência de ensino médio, com iniciais até R$ 3.100. Ao todo, o IBGE oferecerá 8.141 vagas. As 593 restantes devem ser liberadas em breve. Para as novas oportunidades, as inscrições serão iniciadas nesta terça-feira, 4 de julho, com prazo até  19 de julho.

As 7.548 vagas do novo edital IBGE são as oportunidades que ficarão sob a responsabilidade do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), distribuídas da seguinte forma:

  • agente de pesquisa e mapeamento – 6.742 vagas, com iniciais de R$ 1.387,50
  • supervisor de coleta e qualidade – 806 vagas, com inicial de R$ 3.100

A distribuição de vagas por localidades deve ser indicada na íntegra do edital, que deve ser disponibilizado ainda na manhã desta terça, na página eletrônica da banca organizadora.

As contratações serão para atividades relacionadas à coleta de pesquisas para a conclusão do Censo Demográfico 2022.

Além da remuneração, os aprovados contarão com os seguintes benefícios:

  • auxílio-alimentação de R$ 658
  • auxílio-transporte,
  • auxílio pré-escolar,
  • férias
  • 13º salário.

A duração dos contratos será de um ano, com possibilidade de prorrogação, de acordo com as necessidades do trabalho, até três anos

Concurso IBGE: veja atribuições dos cargos

Agente de pesquisa e mapeamento

  • visitar domicílios e estabelecimentos de qualquer natureza, tais como comerciais, industriais, agropecuários, de serviços e órgãos públicos, em locais selecionados de acordo com o tema a ser pesquisado, para a coleta de dados visando à realização de pesquisas de natureza estatística;
  • realizar e(ou) agendar entrevistas presenciais ou por telefone, registrando os dados em questionários impressos ou em meio eletrônico, de acordo com as instruções recebidas e dentro do prazo pré-estabelecido;
  • entregar e(ou) transmitir ao seu superior os questionários preenchidos ou enviados por meio eletrônico, de acordo com as instruções recebidas e segundo normas técnicas;
  • dar suporte à realização e(ou) à atualização dos levantamentos geográficos que estruturam a execução das pesquisas de natureza estatística, identificando, quando necessário, as alterações da divisão político-administrativa;
  • coletar feições cartográficas ou temáticas do território, próprios dos levantamentos geográficos necessários à realização das pesquisas de natureza estatística, utilizando processos analógicos ou digitais disponibilizados;
  • coletar nomes geográficos e elementos afins necessários aos levantamentos cartográficos e à realização das pesquisas de natureza estatística;
  • preparar em gabinete ou em campo insumos para a realização de coleta de dados e de imagens de satélites e fotografias aéreas para as atividades de coleta;
  • dar suporte à coleta de coordenadas geográficas próprias dos levantamentos cartográficos e geodésicos necessários à realização das pesquisas de natureza estatística;
  • transferir ou transcrever os limites definidores dos setores rurais e urbanos para o mapeamento censitário e de um documento cartográfico para outro, a partir de suas coordenadas/posicionamento, quando necessário à realização das pesquisas de natureza estatística;
  • converter para meio digital as informações de formulários de dados referentes a cadastros específicos, quando necessário à realização das pesquisas de natureza estatística;
  • operar equipamentos/aplicativos/sistemas de informática necessários à realização das pesquisas de natureza estatística, bem como dos levantamentos geográficos que as estruturam;
  • participar de treinamentos específicos, ministrados por técnicos do IBGE e (ou) por Supervisores de Coleta e Qualidade, objetivando a capacitação para o  desenvolvimento de pesquisas de natureza estatística, bem como dos levantamentos geográficos;
  • elaborar relatórios, quando solicitado, contendo tabelas e gráficos, de modo a apoiar as pesquisas de natureza estatística, e levantamentos geográficos que as estruturam;
  • assumir a responsabilidade pela segurança e uso de equipamentos eletrônicos (computador de mão, GPS, bateria, carregador, etc.) de sua área de trabalho, de acordo com o art. 11 da Lei nº 8.745, de 9 de dezembro de 1993, podendo, em alguns casos, ser responsabilizado civilmente conforme previsto no Código Civil;
  • realizar levantamento completo dos endereços da sua área de trabalho indicada por superior hierárquico;
  • coletar informações sobre as características urbanísticas da área indicada por superior hierárquico;
  • conduzir as viaturas do IBGE e os veículos locados a serviço do IBGE, nas atividades em campo, caso possua habilitação e esteja em condições de dirigir;
  • seguir as medidas protocolares de prevenção e proteção à saúde determinadas pelo IBGE; e executar outras tarefas correlatas que lhe forem atribuídas por seus superiores hierárquicos.

Supervisor de coleta e qualidade

  • organizar, planejar, e executar atividades estabelecidas no cronograma de trabalho;
  • gerenciar os trabalhos desenvolvidos nas agências de coleta de acordo com o cronograma previsto para as pesquisas e levantamentos;
  • acompanhar o desenvolvimento da coleta dos dados das pesquisas e levantamentos, buscando a qualidade da informação;
  • controlar a produção e a qualidade das atividades de coleta e levantamentos, de elaboração de relatórios e de contribuição no planejamento;
  • organizar e coordenar atividades, interagindo de maneira construtiva com as equipes executoras; visitar unidades de coleta de qualquer natureza;
  • realizar e(ou) agendar entrevistas presencias ou por telefone, de acordo com as instruções recebidas;
  • realizar avaliação técnica dos questionários coletados, a partir dos critérios definidos e(ou) instruções recebidas, segundo normas técnicas e metodologias específicas;
  • zelar pela qualidade do dado coletado utilizando conhecimentos técnicos e instruções recebidas;
  • avaliar o dado atualizado recebido, comparando-o com as informações de anos anteriores (quando existentes e cabíveis) garantindo a entrada do dado com maior confiabilidade;
  • participar e(ou) ministrar treinamentos, objetivando a capacitação para o desenvolvimento das pesquisas estatísticas;
  • prestar assistência técnica aos entrevistadores na realização das atividades de campo, verificando informações de percurso, posicionamento de coordenadas geográficas, registro de espécie de domicílios, reversão de recusas (de acordo com as instruções), domicílios fechados, realização de abordagens presenciais, codificação de todos os tipos de codificação oriundas dos questionários das pesquisas do IBGE (de ocupação e de atividade laboral, religião, educação, etc) (quando necessário);
  • entrega do ofício de cobrança, visando garantir a execução da coleta dentro dos prazos e padrões técnicos estabelecidos;
  • elaborar relatórios de qualidade e de produtividade dos envolvidos no processo de coleta;
  • elaborar relatórios de análise, inclusive análise comparativa com dados de anos anteriores (quando existentes e cabíveis), contendo tabelas e gráficos, de modo a apoiar o acompanhamento das pesquisas estatísticas e geográficas, quando necessário e de acordo com as instruções recebidas;
  • prestar apoio aos técnicos do IBGE, a partir do levantamento de indicadores de qualidade e de produção, fornecendo material para que eles realizem o acompanhamento e controle das atividades de campo;
  • contribuir para o planejamento e realizar o monitoramento, propondo revisões e melhorias nos processos de trabalho, procedimentos, rotinas e fluxos de coleta dos agentes de campo;
  • prestar apoio aos técnicos do IBGE na organização, distribuição, coordenação, avaliação e comunicação das atividades, contribuindo para o trabalho em equipe;
  • conduzir as viaturas do IBGE e os veículos locados a serviço do IBGE, nas atividades em campo;
  • seguir as medidas protocolares de prevenção e proteção à saúde determinadas pelo IBGE;
  • utilizar os equipamentos de proteção individual (EPIs) distribuídos pelo IBGE,
  • solicitar, usar e prestar contas da aplicação de recurso público através de processo de Suprimento de Fundos;
  • Análise e autorização de requisição de viaturas oficiais (REV’s);
  • Controle de quilometragem e uso de combustível das viaturas através de formulários (SEV’s) e lançamento em sistema próprio;
  • solicitar diárias; solicitar – de maneira fundamentada – a convocação de candidatos às vagas de Agente de Pesquisa e Mapeamento;
  • solicitar pedidos de autorização para dirigir;
  • receber, conferir e orientar candidatos convocados;
  • organizar, enviar e recepcionar as remessas de malotes;
  • avaliar e dimensionar as requisições de material do almoxarifado;
  • corrigir registros no SECAF de membros de sua equipe;
  • intermediar manutenção e reparos em viaturas oficias junto aos servidores da SRM;
  • intermediar o contato de Agentes de Pesquisa e Mapeamento com as seções da SES;
  • acompanhar e fiscalizar uso do auxílio transporte pelos integrantes de sua equipe;
  • colaborar no planejamento, execução e acompanhamento de projetos iniciados por chefes de seções ou pelo(a) superintendente da SES;
  • convocar e presidir reuniões gerais com equipe local para tratamento de temas de cunho administrativo;
  • zelar pela frota própria ou locada;
  • realizar deslocamentos para a sede da SES para resolução de tarefas administrativas;
  • atuar com a disseminação de informações e ferramentas de busca do IBGE;
  • planejar e ministrar palestras, minicursos, simpósios ou semelhantes, sobre qualquer pesquisa realizada pelo IBGE, atuando na disseminação;
  • atender e gerenciar pedidos de informações recebidos pela agência;
  • conduzir as viaturas próprias do IBGE e os veículos locados a serviço do IBGE, nas atividades técnicas e administrativas ligadas à agência;
  • auxiliar a chefia imediata no acompanhamento das atividades desenvolvidas nas SES e Agências de coleta relacionadas à supervisão e coleta das pesquisas; e executar outras tarefas correlatas que lhe forem atribuídas por seus superiores hierárquicos.

Veja como se inscrever

As inscrições poderão ser feitas somente pela internet, na página eletrônica do IBFC.

No primeiro dia, o acesso poderá ser feito a partir das 10 horas, enquanto no último dia de prazo, até às 23 horas. A taxa é de R$ 42,20.

Fonte: Jcconcursos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *