Prefeitura reabre Vila Olímpica do Esplanada nesta quinta-feira

“Meu filho viu a vila olímpica pintada e já pediu para, quando abrir, fazer logo a inscrição dele no karatê ou alguma atividade parecida, de arte marcial. Eu estou muito feliz, porque tenho cinco filhos, dois ainda crianças, de seis e sete anos, além de dois netinhos de três anos de idade. Com as vilas funcionando, vai ter lazer para as crianças, uma ocupação até mesmo para os adultos. É muito bom saber que a vila vai reabrir”. A declaração, da dona de casa Vanda Lúcia Cesário, moradora do Parque Esplanada, é sobre a Vila Olímpica João de Sousa, líder sindical que dá nome ao equipamento socioesportivo do bairro e que será reaberto nesta quinta-feira (19), às 18h, pelo prefeito Wladimir Garotinho.

A Vila Olímpica do Esplanada é a segunda a passar por reformas para ser entregue à comunidade no atual governo. No dia 29 do mês passado, o prefeito devolveu a unidade de Travessão. Campos tem sete vilas olímpicas: Travessão, Esplanada, Parque Guarus, Jardim Carioca, Jockey 2, Santa Clara e Alphaville. Todas as unidades foram fechadas no governo passado e encontradas deterioradas, sem equipamentos ou com equipamentos quebrados. O prefeito Wladimir Garotinho disse que o objetivo é, ainda este ano, reabrir, pelo menos, quatro vilas olímpicas.

A Vila Olímpica João de Sousa, do Esplanada, também atenderá a moradores de bairros próximos, como os parques Julião Nogueira, Nova Brasília, Corrientes, Pecuária, Leopoldina e Caju, entre outros. De acordo com o diretor de Esportes da Fundação Municipal de Esportes (FME), Leonardo Mantena, a unidade vai disponibilizar aulas de hidroginástica, natação, futsal, jiu jitsu e capoeira, ginástica laboral, além das modalidades da Escolinha de Iniciação ao Desporto, com vôlei, handebol e basquete.

“Para cada modalidade haverá dois horários de aula pela manhã e dois pela tarde. São 20 vagas por modalidade. Lembrando ainda que, no horário da noite, a vila olímpica pode ser usada para eventos previamente agendados, sempre em conformidade com os protocolos de prevenção à Covid-19”, concluiu Mantena.

Ascom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *