Prefeitura promove mutirão de exames de endoscopia no Hospital Ferreira Machado - Tribuna NF

Prefeitura promove mutirão de exames de endoscopia no Hospital Ferreira Machado

IPTU - Prefeitura de Campos dos Goytacazes

A Prefeitura de Campos, por meio da Secretaria de Saúde e da Fundação Municipal de Saúde (FMS), inicia um mutirão de exames de endoscopia nesta quinta-feira (23). O evento será realizado no Hospital Ferreira Machado (HFM) até sábado (25). O objetivo é agilizar a demanda de pacientes que aguardam na fila de espera por diagnósticos e procedimentos. Serão ofertados 30 colonoscopias por dia.

O secretário Municipal de Saúde, Paulo Hirano, destacou que a orientação passada pelo prefeito Wladimir Garotinho, no início do governo, foi sempre priorizar a saúde. “A população estava sem nenhuma assistência e sofrendo por isso. Vamos continuar avançando para melhorar a assistência em todos os níveis e ampliá-la cada vez mais”, disse.

“Recentemente adquirimos duas torres de vídeoendoscopia, com seis tubos de vídeo gastroscopia e seis tubos de vídeo colonoscópio, que agora fazem parte do parque de diagnóstico do Ferreira Machado. Podemos realizar exames de prevenção até para o câncer colorretal. Para esse caso, o principal exame é a colonoscopia, que permite avaliar toda a extensão do intestino grosso em busca de lesões”, informou o Presidente da FMS, Arthur Borges.

Março Azul-Marinho – O mês de Março é marcado pela cor Azul-Marinho em conscientização ao câncer colorretal, o terceiro tipo mais comum no Brasil, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca). A estimativa é que surgem 41 mil novos casos por ano no país, muitos deles relacionados a fatores evitáveis como má alimentação, tabagismo e inatividade física. O câncer colorretal se origina no intestino grosso, também chamado de colón, e no reto, região final do trato digestivo e anterior ao ânus. Tal doença geralmente é curável ao ser detectada precocemente.

O exame – O exame de endoscopia é realizado por meio de um tubo flexível (conhecido por endoscópio) que possui um chip responsável por capturar as imagens do sistema digestivo. É um procedimento importante para o diagnóstico de diversas doenças, como gastrite, tumores, sangramentos e doenças mais graves como hérnia de hiato e estágios iniciais do câncer de estômago. Com a tecnologia, em até 15 minutos as imagens ficam disponíveis de forma virtual para avaliação dos médicos.

Secom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *