Prefeitura de Campos inicia pagamento parcelado do 13º salário

A Prefeitura de Campos iniciou, nesta quarta-feira (23), o pagamento do 13º salário dos servidores públicos municipais. No entanto, servidores de algumas áreas, como a Saúde, receberam apenas 25% do valor correspondente ao salário devido.

O Sindicato dos Profissionais Servidores Públicos Municipais de Campos (Siprosep) divulgou que aposentados e pensionistas receberiam 40% do 13º, e as outras categorias – exceto a Educação que recebeu 100% – receberiam apenas 25%.

Nota de repúdio dos médicos:

“Nós, médicos servidores PMCG vimos a público manifestar o nosso REPÚDIO ao pagamento de 25% do décimo terceiro.

No dia 18 de março, a PMCG, através do decreto da pandemia, determinou a relotação de todos os médicos que atendiam nos seus ambulatórios para a linha de frente. Os médicos especialistas foram relotados para o atendimento ao COVID, permitindo a abertura do CCC. Os médicos generalistas foram desviados dos seus ambulatórios para cumprir plantão nas UPHS, HGG e HFM, cobrindo carências das equipes de emergência, fundamentais para o enfrentamento de uma pandemia com essa agressividade. Apesar do medo de adoecer e levar doença aos nossos, com angústia de lidar com uma doença desconhecida e letal e com insegurança por estarmos fora de nossas especialidades, prontamente nos apresentamos às novas tarefas. Suspendemos um movimento de greve por melhores condições de trabalho e atendimento. No dia 31/03/2020 o CCC abriu suas portas.

Tudo parado. Comércio fechado, aulas suspensas, ruas vazias e lá estávamos nós, prontos para encarar o desconhecido. Foram meses de muito trabalho e muito aprendizado. Perdas dolorosas. Meses de luta, cansaço, exaustão. Muitos de nós adoecemos e vimos nossos entes adoecerem, morrerem. E quando achamos que tudo voltaria à normalidade, um aumento absurdo de casos e novamente a cortina de fumaça nos assola. E cá estamos ainda. Trabalhando dia a dia, plantão a plantão. Atendendo, estudando, buscando o melhor para nosso paciente.

Não somos heróis. Somos pais, mães, filhos. Somos trabalhadores que amamos nosso trabalho e entendemos a necessidade de estar de pé nesse momento. É nosso direito, como é o de todos os trabalhadores, o recebimento do salário no final do mês. 13º salário não é presente nem cortesia. É o justo. É obrigação. Em um ano tão difícil para todos nós receber 25% do valor devido é desrespeitoso. Uma vergonha. Uma imoralidade.

O sofrimento só é intolerável quando ninguém cuida. E nosso repudio hoje traduz o descaso recebido após uma longa jornada cuidando do sofrimento alheio e ver desrespeitado o nosso próprio por aqueles que deveriam ser os nossos guardiões e não algozes.

Medicos da linha de frente ao atendimento das emergências COVID e não covid da Prefeitura Municipal de Campos.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *