27/05/2024
Destaque

Prefeitura de Campos apresenta projetos para revitalização e repovoamento do Centro

O projeto Retrofit, parte do programa do governo Wladimir Garotinho de revitalização do Centro Histórico de Campos, foi detalhado com as ações e melhorias, nesta sexta-feira (16), pelo secretário de Planejamento, Mobilidade e Meio Ambiente, Cláudio Valadares. Na reunião, o prefeito adiantou a criação de um cerco eletrônico de vigilância por câmeras e uma central de monitoramento que vão gerar mais segurança que, por sua vez, será mais serviço a propiciar o repovoamento da área central de Campos. Representantes dos setores produtivos abraçaram a iniciativa e se comprometeram a mobilizar os autores envolvidos para a efetiva implementação do projeto.

“Este projeto tem importância fundamental para o desenvolvimento urbano da cidade, dentro da área do Centro Histórico de Campos, com mais integração da população com o comércio, a cultura, o turismo. A ideia é possibilitar a reabilitação do território histórico como um todo e seus edifícios de relevância, proporcionar a retomada do comércio e da prestação de serviços, retornar com o desenvolvimento habitacional, revitalizar os espaços públicos para uma agenda de atividades culturais, artísticas e entretenimento, impulsionando o turismo e valorizando, de forma sustentável, a cidadania e qualidade de vida da população. É um projeto desenvolvido pela Prefeitura em parceria com entidades como Carjopa, CDL, Acic, Coppam, o mercado imobiliário, Caixa Econômica e a população. Todos precisam colaborar para que o projeto tenha sucesso”, disse o secretário.

Valadares explicou que se trata de um processo de três etapas com ações de curto, médio e longo prazo, com intervenções para potencializar atividades econômicas que impulsionem os setores do comércio, turismo e a habitação.

“A estratégia é, por meio de benefícios fiscais e edilícios, melhorar os serviços públicos da área central, promover moradias de interesse social, ambiente digital e tecnológico, iluminação arquitetural (até para passeios e programações noturnas), a ampliação de calçadões e revitalização da área comercial. Temos previsão de promover uma rota específica para o Centro Histórico, com veículos chamados ligeirinhos, que são elétricos e garantem mais comodidade para os passageiros. Outras rotas serão criadas posteriormente para reduzir o número de veículos na rua”, adiantou o secretário, citando, ainda, a criação de praças e outros espaços que aumentem o fluxo de pessoas na área central.

Conselho e cerco eletrônico – Atendendo pedido dos empresários e representantes das entidades, o prefeito Wladimir solicitou a reformulação de um antigo conselho de desenvolvimento, que passara a funcionar como Conselho da Cidade. Um decreto será publicado para as devidas alterações. Wladimir também aproveitou para anunciar um projeto de monitoramento da área central.

“Estamos acabando de desenhar o projeto do cerco eletrônico, com uma grande central de monitoramento, que vai realmente fazer Campos avançar. Serão mais de 200 câmeras que, conforme informações da Polícia Militar, equivalem, cada uma, ao pratrulhamento de 20 policiais. Associado ao Retrofit, com esse cerco, as pessoas vão se sentir seguras de frequentar e morar no Centro”, concluiu Wladimir.

A aprovação dos projetos pelos participantes da reunião foi unânime.

“Além do projeto Retrofit, teremos o monitoramento de todo o centro da cidade. Isso é sensacional, já começa a dar segurança. Já o Retrofit, que vem sendo debatido já há um bom tempo, hoje foram apresentadas as primeiras ações que a Prefeitura vai desenvolver. Então é sensacional, um projeto que ele pensa em todo o conjunto, toda a área central, o Centro Histórico e como trazer morador, como repovoar aquela região, e os benefícios para esses investimentos, para que a construção civil se interesse em fazer esse investimento, e o melhor ainda: preocupação da Prefeitura em trazer um aporte financeiro, com a Caixa Econômica, podendo dar suporte para quem quiser morar, quem quiser investir. E tudo isso combinado com a formação de um conselho em que todas as entidades vão poder estar debatendo o centro e colaborando para o desenvolvimento. O Centro, como o nome diz, é centralizador e na hora que houver morador, então vai ter investimento não só do poder público como também da iniciativa privada. É um projeto que tem tudo para dar certo e dar nova vida ao centro comercial e histórico”, disse o presidente da CDL, Edvar Júnior.

O presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Campos (Sindivarejo) também destacou a importância do Retrofit.

“Sabemos também que isso é um trabalho não só do ente municipal, mas também da iniciativa privada e essa reunião foi de alinhamento de ideias. Fiquei muito contente, mais uma vez, com o que a gente observou nesse alinhamento, com as propostas que a Prefeitura vai trazer e nós, enquanto iniciativa privada, também procuramos contribuir com todo esse processo porque é um dever de todos nós, enquanto munícipes, contribuir com essas ações”, concluiu o presidente do Sindivarejo, Maurício Cabral.

Secom*

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *