20/07/2024
Campos

Prefeito Wladimir viabiliza implementação de novo Centro de Hemodiálise

A implantação de um novo Centro de Hemodiálise no município de Campos, com o objetivo de ofertar tratamento com mais comodidade para pacientes renais crônicos, que atualmente são atendidos em Itaperuna, está próxima de virar realidade. A informação foi confirmada pelo prefeito Wladimir Garotinho ao lado do secretário estadual de Saúde, Alexandre Chieppe, que garantiu a liberação de recurso financeiro para aberturas de novas cadeiras na cidade. O encontro aconteceu na tarde desta sexta-feira (11) na sede da SES, na capital carioca.

Ao fazer o anúncio, Wladimir disse que o deslocamento dos pacientes renais crônicos para o município vizinho é muito desgastante. “Existe uma possibilidade de habilitar e credenciar a Santa Casa de Misericórdia de Campos para novas cadeiras para que esses pacientes tenham um atendimento digno”, disse o prefeito, que agradeceu ao secretário a disponibilidade em solucionar um problema crônico, que se arrasta há anos no município.

“O prefeito tem o comprometimento da Secretaria de Estado de Saúde no financiamento, inclusive antecipado. Não iremos nem esperar a habilitação do Ministério da Saúde. Tendo lá o alvará da Vigilância Sanitária, a gente vai automaticamente liberar para que as pessoas tenham mais dignidade, pois a doença renal crônica já consome muita as pessoas. Tem meu total apoio”, garantiu Chieppe.

O cofinanciamento da Secretaria de Estado permitirá a implantação de 30 novas cadeiras de hemodiálise, com capacidade para 180 novas vagas para o município e Estado.

Ao assumir o governo em 2021, a atual gestão encontrou 47 pacientes internados e um total de 63 em fila aguardando uma vaga para hemodiálise. Ainda no ano passado, após diálogo com o Estado, Campos obteve êxito na abertura de 37 novas vagas em Itaperuna para absorver a demanda de pacientes do município.

Atualmente Campos voltou a ter 63 pacientes em fila. Outros 28 pacientes estão realizando hemodiálise em Itaperuna e a Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza o transporte e duas refeições, sendo uma ainda dentro do município e outra em Itaperuna, com suplementação e orientação de nutricionista, mas entende que a viagem é desgastante para o paciente e, por isso, vem reunindo todos os esforços para a habilitação do novo Centro de Hemodiálise no município.

“Mais um avanço na Saúde de Campos e, este avanço em especial, contempla um grupo de pacientes que necessita de mecanismos facilitadores para o seu tratamento”, declarou o secretário de Saúde Paulo Hirano.

Subcom*

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *