Prefeito entrega Centro de Referência da Assistência Social à população de Farol - Tribuna NF

Prefeito entrega Centro de Referência da Assistência Social à população de Farol

O prefeito Wladimir Garotinho entregou, na manhã desta segunda-feira (1º), o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de Farol de São Tomé, localizado na Travessa Francisco Neto s/n, Rádio Velho. O equipamento, construído através de uma parceria entre a Prefeitura e Governo Federal, foi idealizado para desafogar o fluxo de atendimentos do Cras de Goitacazes e terá capacidade para atender cerca de 5 mil famílias moradoras na região de Mussurepe à praia campista. Com o prefeito, participaram da inauguração a primeira-dama Tassiana Oliveira e o secretário de Desenvolvimento Humano e Social, Rodrigo Carvalho, além de autoridades do município.

“Se hoje estamos inaugurando esse CRAS, precisamos reconhecer a importância de emendas que favorecem o nosso município. Esta emenda estava parada, mas foi recuperada por nós. A população da Baixada, de Mussurepe a Farol, será atendida em um espaço de qualidade, novo, confortável e com uma equipe disposta a ajudar nas demandas sociais”, explicou Wladimir.

O atendimento da população será através da inscrição das famílias no Cadastro Único CadÚnico). A unidade conta com recepção, salas de atendimento, salas de reunião, cozinha e banheiros. Toda a reconstrução fez parte das ações de reestruturação da rede de assistência social no município, com o objetivo de garantir melhor atendimento aos usuários e condições de trabalho aos profissionais.

“Nesses últimos dias, a gente estava focado na situação de Santo Eduardo, mas também atento às outras localidades do município, como o Farol. É mais um passo importante que a gente dá no trabalho de assistência social em Campos, através da nossa secretaria. Expandir o número de CRAS é estar mais perto das pessoas que necessitam dos nossos programas ou dos programas do Governo Federal”, disse o secretário Rodrigo Carvalho.

O secretário da Casa Civil, Suledil Bernardino, também destacou a importância do equipamento. “Eu estou muito contente de estar aqui hoje, porque eu acompanhei de perto essa obra, que ficou muito boa. Farol é um dos pontos do município que mais cresce. Com isso, as pessoas estão se aposentando e querendo mais qualidade de vida. Então, o prefeito acertou muito em colocar o CRAS aqui no Farol, já que existe uma distância considerável daqui até a unidade de Goitacazes, que já estava sobrecarregada. O prefeito seguiu a orientação federal de instalação do CRAS nesta localidade, que já tem cerca de 5 mil pessoas referenciais, que vão ser atendidas de forma exemplar na assistência social”, comentou.

Com o CRAS Farol, a cidade passa a contar com a 14ª unidade de referência de assistência social. As unidades funcionam na Chatuba, Goitacazes, Parque Guarus, Jóquei, Matadouro, Morro do Coco, Penha, Ururaí, Travessão, Esplanada, Custodópolis, Codin e Jardim Carioca. De acordo com a diretora de Gestão do Sistema Único de Assistência Social (Suas), Aline Giovaninni, o Governo Federal preconiza a instalação de um CRAS para 5 mil pessoas inscritas em cada território, sendo que o CRAS de Goitacazes já atendia 15 mil famílias referenciadas, resultando no grande fluxo de atendimento.

“Hoje a gente marca a realização de um sonho. Um sonho que complementa a descentralização dos atendimentos nos CRAS do município. A gente precisava dessa unidade há algum tempo, mas agora temos esse núcleo que vai atender cerca de 5 mil famílias. É a assistência para quem precisa e perto de quem precisa”, explicou Aline.

A coordenadora técnica do CRAS Farol, Valéria dos Santos, também falou da necessidade do Centro de Referência da Assistência Social. “Estou assumindo essa missão com muita alegria. Eu quero muito contribuir, junto com a equipe, nesse trabalho de oferecer serviços, benefícios e programas que são de direito da população”.

Participaram da inauguração do CRAS Farol a subsecretária de Desenvolvimento Humano e Social, Grazielle Gonçalves; o subsecretário de Igualdade Racial e Direitos Humanos, Gilberto Totinho; o secretário de Obras e Infraestrutura, Fábio Ribeiro; a diretora de Gestão do Sistema Único de Assistência Social (Suas), Aline Giovaninni; além de vereadores e a população.

O Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) é a porta de entrada da Assistência Social. É um local público, localizado prioritariamente em áreas de maior vulnerabilidade social, onde são oferecidos os serviços de assistência social, com o objetivo de fortalecer a convivência com a família e com a comunidade.

Secom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *