14/06/2024
Polícia

Prédio da OAB-RJ é esvaziado por suspeita de bomba

O prédio da Ordem dos Advogados do Rio de Janeiro (OAB-RJ), no Centro do Rio, precisou ser esvaziado por causa de uma ameaça de bomba, no fim da manhã desta quarta-feira (15).

O presidente da OAB-RJ, Luciano Bandeira, informou ao g1 que solicitou a imediata evacuação do prédio e acionou o esquadrão antibombas da Polícia Civil.

De acordo com informações preliminares, alguém teria deixado uma carta no banheiro do 7° andar informando sobre a presença do artefato.

No mesmo andar estava ocorrendo uma reunião sobre procedimentos disciplinares impostos a advogados, com mais de 60 pessoas. No 4° andar estava tendo uma solenidade para a entrega de carteira de novos advogados, com a presença de mais de 150 pessoas.

“Nós estávamos fazendo a entrega de carteiras quando a equipe encontrou cartas no banheiro, no elevador, com ameaças ao prédio da ordem, dizendo que iam explodir o prédio da Ordem dos Advogados”, cotou a advogada Carolina Miraglia.

Marli Pereira Gomes, mãe da última advogada a receber a carteirinha da OAB-RJ, conta que todo mundo precisou descer de escada.

“Estávamos no quarto andar. Todo mundo desceu de escada. Acho que ninguém desceu de elevador. Mesmo com esse incidente é um dia feliz. Afinal de contas, a minha filha lutou muito para ter essa carteira. Achamos que ia dar tudo certo e estávamos comemorando. Tomara que não tenha nada”.

As atividades da sede da entidade foram suspensas por volta das 12h.

Policiais militares atuam em apoio à Polícia Civil e intensificaram o policiamento no local.

“O presidente Luciano Bandeira pediu que evacuasse de forma ordenada para que não machucasse ninguém. Descemos e chamamos a polícia para verificar o que estava acontecendo”, disse a advogada Carolina.

G1*

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *