Prazo para licenciamento de veículos com placas de final 1 e 2 no RJ termina quinta-feira

O prazo para proprietários de veículos com finais de placa 1 e 2 no Estado do Rio realizarem o licenciamento anual termina nesta quinta-feira (30).

Para fazer o licenciamento e obter o CRLVe digital de 2021, basta pagar a Guia de Regularização de Taxas (GRT), no valor de R$ 219,37, obtida através do site do Bradesco, e os débitos de multas.

Após a compensação das taxas, o usuário estará apto a usar o documento digital. Para isso, basta acessar o Posto Digital do Detran.RJ ou baixar no celular o aplicativo Carteira Digital de Trânsito. O serviço também está disponível no site da Secretaria Nacional de Trânsito (antigo Denatran).

Os proprietários podem baixar o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVe), válido em todo o território nacional, em celulares, computadores ou tablets.

A versão digital substituiu completamente o documento em papel moeda, antes obtido nos postos do Detran.RJ, e pode ser acessada em até cinco dispositivos eletrônicos. Quem quiser pode também imprimir o documento em papel A4.

Por determinação do governo federal, a taxa DPVAT, referente ao licenciamento de 2021, não está sendo cobrada. Mas o proprietário precisa já ter pago o DPVAT de 2020 e dos anos anteriores, assim como a GRT dos anos anteriores.

Passo a passo

No Posto Digital Detran.RJ, basta entrar com os mesmos login e senha usados no sistema gov.br, e depois clicar em veículos. Em seguida, entrar em Documentos Digitais – Emitir CRLVe.

Quem ainda não tem cadastro, ao tentar acessar verá a opção “Crie sua conta gov.br”. O cadastro é gratuito, online, e pode ser feito em poucos passos.

No aplicativo, um tutorial explica os procedimentos. O primeiro passo é se registrar no serviço “gov.br”, do governo federal. Depois, entrar no aplicativo, fazer o login e selecionar “veículos”.

Em seguida, informar o número do Renavam e o número de segurança do CRV (encontrado no antigo DUT, com 11 caracteres). Por fim, basta clicar em “incluir” e, em alguns dias após o pagamento das taxas, o CRLVe digital estará disponível.

Detalhes importantes

1. O CPF logado na Carteira Digital de Trânsito deve ser o mesmo que consta no licenciamento do veículo. Ou seja, o usuário precisa verificar se o CPF vinculado ao documento do veículo é o mesmo com o qual fez o login no site do aplicativo.

2. O usuário deve verificar também a data de pagamento no comprovante da GRT, para ver se a taxa foi de fato paga ou se está agendada para outra data. Essa divergência pode ocorrer devido a uma configuração do aplicativo do banco.

3. Depois de pagar a GRT e multas, é preciso aguardar até 15 dias úteis para o pagamento ser compensado no banco e o aplicativo reconhecer a regularização e disponibilizar o documento.

4. Para veículos movidos a GNV (Gás Natural Veicular), é exigido também o Certificado de Segurança Veicular (CSV) do ano vigente.

5. Caso siga os procedimentos acima e, mesmo assim, o documento não seja baixado, é recomendado ao usuário atualizar o aplicativo da Carteira Digital de Trânsito, fazer logout e entrar novamente, ou excluir o documento anterior e repetir o procedimento de atualização do aplicativo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *