Polícia tenta prender 2 em operação contra supostas fraudes em licitações em municípios da Baixada Fluminense - Tribuna NF

Polícia tenta prender 2 em operação contra supostas fraudes em licitações em municípios da Baixada Fluminense

A Polícia Civil do RJ iniciou nesta quinta-feira (22) uma operação contra supostas fraudes em licitações na Baixada Fluminense. A Delegacia de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro investiga se houve desvio de verbas públicas em obras nos municípios de São João de Meriti, Nilópolis, Nova Iguaçu e Belford Roxo.

Agentes saíram para cumprir 2 mandados de prisão preventiva e 11 de busca e apreensão, expedidos pela 2ª Vara Criminal Especializada da Capital. A Justiça também determinou o afastamento das funções de 6 servidores públicos.

Segundo as investigações, a organização criminosa controla as empresas NC, Amani, AMR e Construrapido, declaradas vencedoras em certames com indícios de fraude para contratos de construção e reforma de praças, ginásios, unidades escolares e unidades de saúde.

A Polícia Civil apurou que essas empresas não funcionam efetivamente no endereço cadastrado ou desempenham atividades diversas daqueles descritas em seus contratos sociais. “Também foram identificadas alterações contratuais suspeitas realizadas em datas próximas às licitações, com provável objetivo de ocultação dos sócios efetivos”, afirmou, em nota.

“Além disso, as empresas investigadas compartilham o mesmo quadro de funcionários, contadores, endereço das sedes, telefone de contato e endereço de e-mail, o que demonstra que elas compõem o mesmo grupo empresarial”, destacou.

Diligências policiais revelaram que obras contratadas não foram concluídas no prazo e que os contratos sofreram aditivos fraudulentos para elevar seus valores. Também foram identificadas transferências suspeitas de valores das contas das empresas para servidores públicos vinculados aos contratos das obras públicas investigadas.

Fonte: G1

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *