Polícia do Rio prende americano suspeito de ter pago para manter relações sexuais com menina de 14 anos

Policiais civis da 13ª DP (Ipanema) prenderam na segunda-feira (4), o americano Jason Roy Hutchinson e uma brasileira no interior de um hotel cinco estrelas de Copacabana, na Zona Sul do Rio. Ambos são suspeitos de exploração de prostituição de menores.

De acordo com as investigações, a mulher brasileira presa é suspeita de submeter a filha, de 14 anos, à prostituição. Ela teria vindo de São Paulo, junto com a menina e com um outro filho, de 2 anos, e se hospedado às custas de Jason Hutchinson.

Segundo a polícia, o americano veio ao Brasil exclusivamente para o encontro. Apesar de negar, os investigadores acreditam que ele tinha conhecimento da idade da menor, já que teria sido o responsável por emitir as passagens.

Jason contou aos policiais que praticou ato sexual no interior do hotel e sabia que a mãe da menor estava hospedada em outro quarto do hotel.

Os policiais relatam que quando chegaram ao hotel viram, através de câmeras de segurança, o americano Jason Hutchinson beijando a menor. Ao chegarem no quarto encontraram ele com a adolescente.

Tanto a brasileira presa como os filhos não tinham dinheiro para se manter no Rio de Janeiro, apesar de estarem hospedadas em um hotel de luxo na zona sul da capital.

De acordo com policiais, as diárias custam em média no local algo em torno de R$ 1.500.

Os policiais investigam se essa foi a primeira vez que a brasileira submeteu a menor à prostituição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *