Polícia Civil e MP fazem operação para combater fraudes em pregões eletrônicos do governo do estado

Foto: arquivo

A Delegacia Fazendária da Polícia Civil e o Ministério Público do Estado do Rio fazem uma operação contra um esquema de fraudes em contratos no valor de R$ 20 milhões com o governo do estado e outros órgãos públicos.

Na ação, os agentes tentam cumprir 17 mandados de busca e apreensão. A investigação apura irregularidades em 14 pregões eletrônicos para a compra de material de escritório e produtos de limpeza.

A ação, batizada de “Olho no Lance”, visa obter provas contra fraudes cometidas entre os anos de 2012 e 2018, realizados por diversos órgãos e entidades estaduais, dentre eles o Rio Previdência, a secretaria de Fazenda/RJ, a Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro, a Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), o Fundo Especial do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro, Hospital Universitário Pedro Ernesto e o Detran/RJ.

De acordo com relatório encaminhado à Delegacia Fazendária da Polícia Civil/RJ pela Controladoria Geral do Estado do Rio de Janeiro (CGE), as empresas teriam oferecido propostas de preços (lances) de forma aparentemente fraudulenta.

As investigações realizadas detectaram diversos vínculos, inclusive familiares e societários, entre seus representantes e sócios.

Os mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos nas sedes de 11 empresas suspeitas dos crimes.

G1*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *